Depois de ungido, Eraldo Paiva pode brincar o carnaval sem sentimento de culpa

Escrito e publicado por Manacy Henrique em 19 de fevereiro de 2019

52971433_1175132245991655_6426569653882978304_n

Depois de ungido, Eraldo Paiva pode brincar o carnaval sem sentimento de culpa

Após dá uma de Dom Pedro I, o vice-prefeito Eraldo Paiva recebeu o santo óleo da Prefeitura de São Gonçalo do Amarante/RN. Não foi óleo de nardo puro, o mesmo que Maria ungiu os pés de Jesus, mas sim um óleo azul de caneta BIC.

Além desse ritual, o petista também foi ungido pela governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra. A unção foi feita com óleo vermelho, também, de caneta BIC.

Numa das passagens bíblicas, há o relato de que os discípulos de Jesus ficaram irritados por Ele ter sido ungido por um óleo muito caro. O mesmo aconteceu com os correligionários de Eraldo quando da nomeação da sua mulher.

A esposa de Paiva é chefe de gabinete da Secretaria de Trabalho, Habitação e Assistência Social (Sethas). Íris Oliveira, a titular da pasta, recebeu a unção a pedido de padre Murilo, irmão do vice-prefeito da cidade.

De acordo com alguns petistas, os ungidos são-gonçalenses estão salvos da enfermidade do desemprego. Apesar disso, não se conformam com o óleo vermelho usado no ritual da unção da companheira de Paiva.

Portanto, corporificado politicamente por esses óleos “sagrados”, Eraldo vai vestir novamente a fantasia de Dom Pedro I e pular os quatro dias de carnaval. A quarta-feira de cinzas, dia 06 de março, o dia seguinte ao Carnaval, te espera, Eraldo.

Maurício Júnior e Poti Neto: dois pra lá, dois pra cá

Escrito e publicado por Manacy Henrique em 17 de fevereiro de 2019

51141401_1628781210600829_6619018904964431872_n

Maurício Júnior e Poti Neto: dois pra lá, dois pra cá

Eu não duvido nada de quem consegue reunir numa mesma festa pedreiro e prefeito

Do mega aniversário do empresário e funcionário público são-gonçalense Maurício Júnior, com exceção da fatia do bolo dada ao ente do seu coração, todas as outras foram oferecidas para os seus possíveis adversários políticos em 2020.

Como não pode velejar politicamente direto contra o vento eleitoral da professora Maria Tereza de Oliveira, sua irmã, por uma questão de respeito ao seu legado político, ele vai ter que desviar ora para um lado, ora para outro para ultrapassar a linha do vento.

Ou seja, para alcançar seu objetivo político. Na oposição certamente seguindo em zigue-zague em relação à linha da política partidária, ele conseguirá, também, levar o barco até o seu palanque com a maioria dos seus convidados. O aniversário, sem a pretensão de ser o dono da verdade, foi uma mudança de lado.

Hoje, Nenhum oposicionista tem o prestígio político para colocar numa mesma mesa o prefeito de São Gonçalo do Amarante, Paulinho Emídio, Tereza Maia, sua esposa, vereadores da sua base política, Chanxe Dantas, por exemplo, Poti Neto e Alexandre Cavalcanti.

Nas eleições futuras, essa suposta divisão de voto da oposição pode garantir a reeleição de Paulinho. Dizem que o vereador Chanxe é pré-candidato a prefeito, ainda assim o estrago maior será entre Maurício e Poti.

Disse me disse da pré-candidatura de “Dedé da Galinha” nem ele explica

Escrito por Manacy Henrique em 11 de fevereiro de 2019

IMG_20170312_113413

Disse me disse da pré-candidatura de “Dedé da Galinha” nem ele explica

O porco assado na brasa para o anúncio da pré-candidatura a vereador de “Dedé da Galinha” passou do ponto. Hoje, para alguns familiares e amigos, ainda dá para sentir o gosto de queimado.

Alguns dos melhores especialistas em política partidária da zona rural são-gonçalense estão em lados opostos. De Genipapo, Diego Pereira diz que ele não é. Enquanto “Bá” de Poço de Pedra, aposta que sim.

Apesar de ”Bá” ter participado do churrasco e de conhecer muitíssimo bem os motivos dessa decisão, decisão do anúncio, eu vou apostar na intuição do líder de Genipapo.
Na opinião de Diego, o seu vizinho não ousaria quebrar o encanto que Rayure Protásio sente por ele. Aliás, das lideranças da comunidade, nenhuma transferiu mais voto para a vereadora.

Np bairro, supostamente o poder de transferência de voto em favor da candidatura de prefeito será maior desde que o feirante dispute umas das 17 cadeiras da Câmara Municipal, caso contrário aproximadamente 30% dos votos ficam pelo caminho.

Possivelmente “Dedé” não queira arriscar o seu prestígio político na comunidade, que não é pouco, por isso deu um passo para trás. Mas também duvidar de “Bá” é um risco. Tudo pode acontecer.

Escrito por Manacy Henrique em 4 de fevereiro de 209

Escrito por Manacy Henrique em 4 de fevereiro de 209

51298943_1165649660273247_4171515088211017728_n

Destino partidário do vereador Edson Arcanjo é PROS ou PR?

O vereador Edson Arcanjo, o Nino, tem manifestado apoio à ideia do grupo político, liderado pelo prefeito Paulinho Emídio, disputar as eleições de 2020, prefeito e vereador, com uma frente de apenas quatro partidos.

Fazendo um cálculo aleatório, pode-se afirmar que o grupo lançará 104 candidatos a vereador. Com a chegada provável de Eudócio Mota (SDD) à base governista, a situação lançará quatro vereadores por legenda.

Confiante nessa estratégia, Nino tem pregado pelas esquinas de São Gonçalo do Amarante que só “brigará” por uma das 17 cadeiras filiado ao partido do candidato a prefeito.

“Se for Paulinho, vestirei a camisa do PR. Caso contrário, disputarei pelo PROS, isto é, sendo Jaime Calado”, revelou o edil. Ele espera que não precise trocar de grupo para ser candidato.

Edson Arcanjo vai correr atrás da vaga sem fazer nenhuma exigência de nomes dos concorrentes na composição partidária, ou seja, qualquer companheiro é bem vindo. Ele espera que a recíproca seja a mesma.

PRB são-gonçalense está livre para vice ou candidatura própria

Escrito por Manacy Henrique em 2 de fevereiro de 2019

Vereador são-gonçalense está entre...página 4.

PRB são-gonçalense está livre para vice ou candidatura própria

Vereador Thiago Soares também tem voz e vez no Partido Republicano Brasileiro.

Independente de o deputado federal Benes Leocádio assumir a presidência estadual do PRB, o partido está livre para vice ou candidatura própria em mais de um municio.

E uma das cidades fora do cerco dos republicanos é a de São Gonçalo do Amarante/RN quer Abraão Lincoln continue presidente estadual do partido ou não.

Na reunião realizada quarta-feira (30), segundo o vereador e pré-candidato a prefeito em 2020, Chanxe Dantas (PRB), além dele, os seus colegas Thiago Soares(PTC) e Gerson Bezerra (PRB) têm a palavra final sobre qualquer encaminhamento político.

Portanto, em São Gonçalo, a decisão sobre candidatura republicana a prefeito, obrigatoriamente, terá que ser aprovada pelos três. Fica claro que o apoio de Thiago a Abrão lhe deu o poder de decidir também no PRB.

Certamente, antes das convenções, será revelado o que na verdade pensa hoje os republicanos. Até lá, a dúvida e a desconfiança de alguns membros do grupo de Paulinho vão continuar.

Senadora Zenaide Maia presidirá o PROS no Rio Grande do Norte?

Escrito por Manacy Henrique em 1 de fevereiro de 2019

Zenaide-assina-filiação-ao-PROS-300x204

Senadora Zenaide Maia presidirá o PROS no Rio Grande do Norte?

O PHS, por não ter atingido a cláusula de barreira nas últimas eleições, deixou de ser o trampolim político da senadora Zenaide Maia (PROS). Para tomar posse, obrigatoriamente, ela teria que está filiada a um partido.

Doravante, os próximos saltos da senadora serão feitos da prancha do Partido Republicano da Ordem Social (PROS). Em Brasília, nesta sexta-feira (1), ato prestigiado pela cúpula da legenda, Jaime Calado, seu esposo, e a amiga Elza Carlos, Doutora Zenaide filiou-se ao PROS.

Na disputa para o Senado de 2018, apesar de ter enfrentados renomados campeões, José Agripino, por exemplo, ela elegeu-se porque nas 167 cidades potiguares em que disputou uma das vagas, Zenaide conseguiu notas máximas em 111.

A senadora entra no partido com esse trunfo eleitoral. Entretanto, esse feito não lhe garantirá a presidência do PROS. Mas o presidente do PROS/RN, o deputado estadual Albert Dickson, disse que tê-la como presidente é uma grande satisfação.

Vereador são-gonçalense está entre a cruz e a espada

Escrito por Manacy Henrique em 31 de janeiro de 2019

51484041_2442343462506615_1305661029962743808_n

Vereador são-gonçalense está entre a cruz e a espada

Apesar de não estarmos no período da inquisição, que foi um tribunal religioso comandado pela igreja católica, que prendia, julgava e executava os adversários, mesmo assim, o vereador Chanxe Dantas precisa definir seu destino político para escapar da “Santa Inquisição Política” em 2020.

Ou seja, politicamente, Chanxe está entre a cruz e a espada. Caso não se decida pela cruz, isto é, pelo projeto político do grupo, terá que encarar o fio da espada.

Aceitar a cruz, significa abrir mão de sua pré-candidatura a prefeito de São Gonçalo do Amarante e apoiar a da base governista. Se fizer opção pela espada, ele obrigatoriamente dará as costas ao poder.

Portanto, a decisão é de difícil escolha por isso o adiamento. Mas também a demora não o ajudará. Aliás, esse atraso poderá comprometer sua credibilidade diante os eleitores são-gonçalenses e provocar a derrocada do projeto.

Câmara de São Gonçalo desembolsava aproximadamente R$ 15 mil mensais para pagar duas consultorias

Câmara de São Gonçalo desembolsava aproximadamente R$ 15 mil mensais para pagar duas consultorias

De olho no dinheiro público

Câmara de São Gonçalo desembolsava...página 4.

 

O presidente Edson Valban Tinoco de Oliveira está comprometido com a sociedade civil em manter sobre os trilhos da economicidade a Câmara de Vereadores de São Gonçalo do Amarante/RN.

Para isso, Edson Valban não tem medido esforços. Este mês, ele dispensou os serviços das empresas de consultoria Administrativo-Financeira e Recursos Humanos contratadas pela gestão do seu antecessor.

A Casa de Leis tinha um custo mensal com as empresas de R$ 14.600,00. Hoje, os mesmos serviços são realizados por duas funcionárias do quadro de pessoal do Legislativo.

É desejo dos são-gonçalenses que os recursos públicos sejam aplicados pelos gestores de forma aatender ao interesse de todos igualmente.

Portanto, no discurso de posse, é oportuno lembrar que o presidente Valban se comprometeu a resgatar a credibilidade da Câmara Municipal de São Gonçalo do Amarante. É, pelo visto vai conseguir.

Valdivan Tinoco: o sujeito de ação política desde os anos 80

Escrito por Manacy Henrique em 29 de janeiro de 2019

17746_10206390662035544_5205445436718974694_n

Valdivan Tinoco: o sujeito de ação política desde os anos 80

Homem de palavra e compromisso

Em Poço de Pedra, no último domingo (27), memórias refrescadas pelos raros sopros de vento que dobravam a esquina do já falecido Chico da Sinuca, pai de Bá, o político assuntado foi o ex-vice-prefeito de São Gonçalo do Amarante Valdivan Tinoco.

Do banquinho de um praça pública, quem um dia não acompanhou a novela das 8, hein? Pois bem, essa foi uma das primeiras ações de Valdivan para com os seus conterrâneos.

Quando voltou de São Paulo, segundo relato de Bá, ele comprou uma TV e doou para a comunidade. Ainda, por um salário mínimo, contratou Dona Noêmia para pastorar a televisão comunitária.

Além disso, versão de Giovani, quando Seu Luiz Prego, saudosa memória, parou de doar água da sua cacimba para os moradores, Valdivan bancou financeiramente a redistribuição.

Por fim, no esporte amador, o gesto, merecedor de aplausos, foi feito para o time do Independente de Poço de Pedra. O campo do Independente foi uma doação de Tinoco. Por isso que até hoje Valdivan mantém o prestígio político na comunidade.

Dedé da Galinha é pré-candidato a vereador em 2020

Escrito por Manacy Henrique em 27 de janeiro de 2019


51082896_1160202697484610_3112868858780712960_n

Dedé da Galinha é pré-candidato a vereador em 2020

Tem nome de “besta”, mas pensa quando fala.

Dedé da Galinha: o nome é bom e a pessoa muito mais. Para a política partidária, ele é ótimo. Em São Gonçalo, a família e os amigos querem votar nele para vereador.

“Eu pensei ser candidato, mas se compadre Dedé for candidato, eu voto nele. Quando preciso, ele sempre me ajuda. Além de votar, vou atrás de uns votinhos para o amigo”, declaração da liderança de Bela Vista Naldo do CD.

Tudo indica que o desejo partidário dele é disputar uma das dezessete cadeiras da Câmara Municipal pelo Partido dos Trabalhadores (PT). Dos petistas são-gonçalenses, conta-se nos dedos os que foram prestigiar a posse da ex-presidente Dilma Rousseff. Pasmem, Dedé foi de ônibus.

Outra marca política imbatível desse agricultor é a de fidelidade ao secretário Estadual de Desenvolvimento Econômico, Jaime Calado. Sempre votou nele e nos candidatos apoiados por Jaime.

Não foi por acaso que na vitória de Calado, ele matou um boi para comemorar. Também fez churrasco de outro para comemorar a vitória de Paulino. Dedé da Galinha é nome fantasia, ele é mesmo Dedé da Política.