João Costa: o outro lado da moeda

 
- Escrito e publicado por Manacy Henrique em 1º de fevereiro de 2015
 DSC_6603

João Costa: o outro lado da moeda

É muito gratificante você escrever um texto e ter alguém esperando para lê com inteligência, carinho e atenção. Isto aconteceu comigo agora mesmo. Com os  amigos de verdade não precisa colocá-los sobre os nossos ombros para demostrar a nossa gratidão, basta tê-los no coração.

Pois bem, segundo o meu anjo do facebook, da minha vida pessoal também, não é tão fácil, mesmo com a liberação assinada pelo presidente do Partido Socialista Brasileiro (PSB), Raimundo Mendes Alves, João Costa consegui usufruir  do  ”privilégio” quando trocar de partido.

Porque o suplente, depois de oficializado o afastamento do titular, tem todas as condições jurídicas de requerer a posse. O que pouca gente do meio tem conhecimento é que a decisão ficará para o judiciário, ou seja, a solicitação do primeiro suplente do PSB vai exigir dele muita paciência.

Vamos esperar pela manifestação da primeira suplente Gisele Moura que trabalhou por três meses consecutivos para eleger os candidatos apoiados pelo prefeito Jaime Calado, entre eles, Wilma de Faria, que foi a sua  opção também do voto para o Senado.

Publicado em Notícias por Manacy Henrique. Sem Comentario

João Costa não pediu desfiliação, foi liberação

 
- Escrito e publicado por Manacy Henrique em 1º de fevereiro de 2015

DSC_6603

João Costa não pediu desfiliação, foi liberação

Hoje, domingo, 1º, o meu primeiro gole de café da manhã foi acompanhado de um telefonema do suplente do Partido Socialista Brasileiro (PSB) João Costa. Ligou para que eu retificasse a informação de que ele teria pedido desfiliação do partido.

Na verdade ele enviou um documento ao presidente do PSB, Raimundo Mendes Alves, solicitando a liberação do partido e não a desfiliação. E me explicou que com a liberação não perde a condição de primeiro suplente. Caso fosse a desfiliação, perderia sim.

Assim, fica sem efeito a informação de que a empresária Gisele Moura seria hoje a primeira suplente do PSB. Pelo que reza a legislação eleitoral e o instituto partidário o político candidato sempre vai ter um “jeitinho” de manter o privilégio, mesmo não tendo compromisso, do partido.

Conversei com o presidente Mendes sobre qual seria o posicionamento dele em relação a solicitação de João Costa. Ele me confirmou que já assinou o documento da liberação e que segunda ou terça-feira, 2, vai dar entrada no cartório. Então, joão Costa não precisa entrar na justiça que o seu direito lhe será garantido.

Publicado em Notícias por Manacy Henrique. Sem Comentario

A lei é clara: Rayure Protásio não precisa tirar licença maternidade de seis meses

 

- Escrito e publicado por Manacy Henrique em 1º de fevereiro de 2015

DSC_0007_1-horz

A lei é clara: Rayure Protásio não precisa tirar licença maternidade de seis meses

Não há a menor chance do primeiro suplente de vereador do Solidariedade Rafael Gadelha assumir uma cadeira na Câmara Municipal Palácio Poti Cavalcanti, em São Gonçalo do Amarante.

Isto porque a titular, que foi a quarta mais votada nas últimas eleições para prefeito e vereador no município, Rayure Protásio, que a partir de  junho será mamãe pela primeira vez, não tem a menor intenção de gozar essa licença.

Essa decisão não é unilateral, pois tem o apoio do marido, meu “chapa”, Emanoel, da mãe, do pai e, principalmente, do seu tio, “Equinha”,  meu irmão também. Deste de então que ela contratou um advogado especializado na causa para assegurar o seu direito de escolha.

Entre alguns motivos está a proximidade da eleição, pois se afastar nesse período eleitoral estaria cometendo um suicídio. Ela tem declarado que pode, no máximo, se afastar por uma semana. E caso, o parto for natural, para recuperação, vai precisar de dois ou três dias apenas.

A esperança é a última que morre, por conhecer de perto Rayure e seu marido, essa pode enterrar. E quanto o sonho, se é que era, de ser vereador por seis meses, Rafael Gadelha vai ter que adiar. Com certeza que esse desencontro da sorte não vai deixar o suplente triste, não. Para quem não sabe o menino de ouro de João Batista Gadelha, seu pai, é hoje um empresário bem sucedido.

Publicado em Notícias por Manacy Henrique. Sem Comentario

Acabou o “casamento” entre o suplente João Costa e o PSB! Com isso, Gisele Moura passa a ocupar a vaga de primeira suplente

 

- Escrito e publicado por Manacy Henrique em 31 de janeiro de 2015

20150130_111833

Acabou o “casamento” entre o suplente João Costa e o PSB! Com isso, Gisele Moura passa a ocupar a vaga de primeira suplente

Em fim… Depois de tantas idas e vindas, foram dez anos, João Costa deixa o Partido Socialista Brasileiro (PSB), no município, presidido pelo vereador Raimundo Mendes Alves, e começa descer a ladeira no sentido do Partido Comunista do Brasil (PCdoB). O que estava previsto para acontecer em outubro deste ano aconteceu hoje.

Nessa sexta-feira (30), ainda pela manhã, fui procurado pelo primeiro suplente de vereador João Costa, no gabinete da presidência da Câmara Municipal de São Gonçalo do Amarante, com o objetivo para que eu escrevesse um texto depois de ouvi-lo. Concordei, bati uma foto do policial, e em seguida ele voltou ao trabalho.

Pois bem, não mais que meia hora, o chefe de investigação da Polícia Civil do município chegou novamente, desta vez com o documento de desfiliação do seu partido e pediu que o presidente do Poder Legislativo, Raimundo Mendes Alves, com testemunhas dos vereadores “Nino” e “Chanxe” Dantas, assinasse o documento que tornava oficial o seu desligamento partidário. Com esse ato Gisele Moura se tornou a primeira suplente do partido.

Com meias palavras e com um sorriso forçado o policial se despediu de mim e, assim, pois um fim na sua história política e eleitoral com o Partido Socialista Brasileiro que, no estado, tem no comando da vice-prefeita da cidade do Natal, Wilma de Faria. Esta nas últimas eleições não foi votada por ele e isso se repetiu também com a deputada estadual eleita Márcia Maia.

Agora, tudo isso, são águas passadas, ou seja, as consequências não produziram  efeito político, nem partidário e muito menos eleitoral. Apesar de um fim de relacionamento “tumultuado”, o partido, através dos seus dois vereadores eleitos e da presidente estadual, reconhecem a sua importantíssima contribuição nas últimas eleições.

 

 

Publicado em Notícias por Manacy Henrique. Sem Comentario

“Diga-me com quem andas e te direi quem és!”

 
- Escrito e publicado por Manacy Henrique em 29 de janeiro de 2015
MANACY__15_

“Diga-me com quem andas e te direi quem és!”

Uma frase sem fundamento bíblico, mas é possível encontrar nos textos da Bíblia algo semelhante. Podemos considerá-la um ditado popular? Sim. Por isso que ela tem a força de desmascarar a ingratidão.

Têm alguns “papudinhos” petistas que, hoje, ainda usam de estratégia da ditadura militar para denegrir a imagem de quem lhe deu colo, carinho e dinheiro para custear os estudos. Entre esses se  destaca um que traiu um vereador e se vendeu para outro.

Despreparados, confusos e sem conhecer as leis, de forma aleatória,  jogam pedras nas pessoas de bem, com isso fere profundamente o orgulho, a moral até sangrar os seus corações. Um dos escolhidos por esses abutres, no momento certo, vai soprar e quero está aqui para testemunhar quem de vocês ficará em pé.

Parte de uma lateral do Partido dos Trabalhadores (PT), em São Gonçalo do Amarante, incluindo a da arquibancada, vai ruir e a queda poderá ser ouvida de muito longe. Esta será a reação de quem está sendo injustiçado, principalmente, por acusações infundadas e sem respaldo jurídico.

Certa vez um “cabeção” petista me chamou de inocente e disse que eu não sabia nada sobre o partido do PT. Logo, logo vocês vão saber quem, na eleição para presidente estadual do partido, cometeu o crime de falsidade ideológica e votou. Esse rapaz  é figurinha carimbada na política sãogonçalense.

Ninguém está impedido de criticar o governo ou os seus representantes, isso é legítimo. O que não pode é fazê-la de forma irresponsável de maneira a comprometer toda a vida e história de um cidadão. Lembram-se do episódio da deputada federal Doutrora Zenaide Maia? Pois bem, esse caso terá o mesmo fim e, mais uma vez, muita gente vai ficar desmoralizada.

Publicado em Notícias por Manacy Henrique. Sem Comentario
Copyright © O Sãogonçalense – A Força da Notícia |   criado pela Status Empresarial   | Login