Quem autorizou a professora Maria Tereza de Oliveira dizer que Geraldo Veríssimo vota em Robson Faria ou foi mais um lapso de memória?

 

- Escrito e publicado por Manacy Henrique em 24 de agosto de 2014

MANACY__15_

Quem autorizou a professora Maria Tereza de Oliveira dizer que Geraldo Veríssimo vota em Robson Faria ou foi mais um lapso de memória?

O discurso da professora Maria Tereza “Fernandes”, uma vez me confessou que gosta mais do sobrenome Fernandes que Oliveira, em Santo Antônio do Potengi, bairro de São Gonçalo do Amarante, deixou muito claro a sua insegurança ao pedir o voto para Robson Faria.

Não esconde de ninguém a admiração que tenho pela educadora, torna-se maior ainda, quando o assunto é cultura popular, por respeito ao segmento, me dou o direito de citar o nome de Gláucio. Porém, politicamente, em cima de um palanque, me deixou decepcionado.

Não é verdade que o prefeito de São Gonçalo do Amarante, Jaime Calado, que pede voto para Henrique, candidato ao governo, João Maia, seu vice, e Dilma Rousseff, não fez nada pelo munício, ainda mais na construção do conjunto Brasil e do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN).

É uma pena que essa venda política possa colocar o seu futuro eleitoral em suspeição. A senhora sabe da atrapalhada da senadora Fátima Bezerra em relação a esse IFRN. Sabe também que a prefeitura bancou uma contrapartida de R$ 500 mil. Não pode refazer o seu caminho políticos com mentiras, falácias numa tentativa desesperada para tirar os méritos do prefeito.

Outra inverdade foi afirmar que o presidente da Casa dos Bons homens, Geraldo Veríssimo de Oliveira, apoia Robson Faria. Pelo menos, iniciativa do próprio, ele vota Henrique Alves e Dilma Rousseff. O seu discurso foi gravado e eu estou muito tranquilo em desmentir a senhora. E posso admitir que fosse um lapso de memória.

Por que me valho dessa prerrogativa? Porque na última frase do seu discurso a senhora disse: “Vote 15 e 16!” Talvez tenha se inspirado na frase do prefeito: “Eu sou candidato o meu número é 15 e 13”, ultimamente tem encerrado os seus discursos assim. Sinceramente, tenho por ti um carinho muito especial e “teus olhos parecem espelho d’água”, mas política e administrativamente vou ficar com o prefeito.

Publicado em Notícias por Manacy Henrique. Sem Comentario

O vereador Mendes, numa conversa com o blogueiro Idelfonso Farias, me acusa da prática de Litigância de Má Fé

 

Escrito e publicado por Manacy Henrique em 24 de outubro de 2014

MANACY__15_

O vereador Mendes, numa conversa com o blogueiro Idelfonso Farias, me acusa da prática de Litigância de Má Fé

Então vamos lá. Orientado por um amigo advogado, nesses dias, procurei o amigo Idelfonso Farias para usar a matéria “Deputada Márcia Maia contará com apoio na coordenação de sua campanha do jornalista Manacy Henrique”, como parte das provas de um processo visando receber dois meses de pagamento de trabalho eleitoral realizado por mim.

Segundo o alimentador do Blog da Cidade, IdelfonsoFarias, na oportunidade que foi avisá-lo que eu tinha solicitado a matéria para esse fim, ele disse: “Deixa, ele vai ter como provar que trabalhou? Ele dá expediente numa repartição pública da prefeitura de Natal. E é bom que faça que eu tenho umas coisas para acertar com ele faz tempo e dessa vez resolvo tudo. Aquele CNPJ do jornal é da minha associação e não dele”, finalizou.

Quanto à incompatibilidade de horário foi muito infeliz em questioná-la, caso não tenha sido por despreparo, pois, ele próprio pode deixar de ser presidente da Casa dos Homens Bons, por esse motivo. Eu, não preciso usar de subterfúgios para revelar a minha verdade. Sou funcionário por mais de 28 anos da Secretaria Municipal de Obras Públicas e Infraestrutura (SEMOPI) e o meu expediente são três vezes por semana, como podem ver, foi por descuido a acusação do advogado-vereador.

O Blogueiro continuou a insistir que existiam outras maneiras de resolver esse impasse. Por me considerar uma pessoa inofensiva pelo fato que, quando criança, eu não tive a oportunidade de Educação que a presidenta Dilma Rousseff, o senhor vota em Aécio Neves, implantou neste país, subestima a minha inteligência. Não, vereador e empresário de carneiro de exposição, não tenho nada a acertar com o senhor. Pelo contrário, entre tantas, por que o seu motorista foi nomeado chefe de gabinete e o seu Assessor de Comunicação não escreve um ó com o auxílio de uma quenga. Caso escreva, não é oficial ou estar em desvio de função.

Em ralação ao CNPJ do jornal foi o senhor que sugeriu, se existe alguma irregularidade, a responsabilidade é toda sua somente sua. O momento era adequado para o senhor politicamente, pois estava estruturando a associação. Inclusive a esse episódio vou dar o título de “Chapeuzinho Vermelho” com a certeza de que o Lobo Mal não sou eu. Quem escolheu esse caminho foi o senhor, por isso, passarei por dentro da floresta até chegar ao Tribunal de Justiça do Trabalho.

Os estudantes de Direito, que não é o caso do senhor, mas é também dos magistrados, sempre de uma maneira ou de outra, se incomodam com a falta de empenho no enfrentamento à incompetência advocatícia. A sua infeliz afirmação de dizer que eu pratiquei Litigância de Má Fé, esquecendo que alugou um carro por dois meses no valor de R$ 3 mil, com todo respeito DOUTOR ADVOGADO, posso dizer o mesmo com o senhor, pois na Justiça do Trabalho provarei que trabalhei e não recebi pelo serviço prestado.

Publicado em Notícias por Manacy Henrique. Sem Comentario

O presidente Geraldo Veríssimo de Oliveira não tem o poder da Santíssima Trindade, quer dizer, Geraldo em três pessoas

 

- Escrito e publicado por Manacy Henrique em 24 de outubro em 2014

425037_111453039000422_1688970419_a25

O presidente Geraldo Veríssimo de Oliveira não tem o poder da Santíssima Trindade, quer dizer, Geraldo em três pessoas

O dia da eleição vai se aproximando e os “boatos”, com fim de destruir a reputação alheia, inclusive, às vezes, feitos pelos amigos, os correligionários e os parceiros políticos vão enchendo o “saco” de todos nós. Isso é cultura com resquícios do regime de exceção. Entretanto, a matéria publicada no Blog de Dudé Soares, em defesa de Geraldo Veríssimo de Oliveira, presidente da Casa Legislativa, um detalhe chamou a minha atenção.

É verdade que o voto do presidente e o seu apoio à senadora eleita Fátima Bezerra não foi motivo de alegria para o seu amigo e parceiro político Jaime Calado. Porém, na política, graças a sua dinâmica, quando se quebra o encanto o compromisso fica valendo. Essas feridas eleitorais geralmente serão curadas nas campanhas seguintes. Tudo em nome do social, da economia e do desenvolvimento.

Realmente a informação do blogueiro Dudé Soares está correta e vou dar os detalhes porque o fuxiqueiro quando fez o fuxico foi testemunhado por várias pessoas. Disse Adilson Gordinho: “Passei agora em Santo Antônio do Potengi e Geraldo estava falando. Ele disse que Henrique Alves não trouxe nada para São Gonçalo”, questionado repetiu a mesma frase. A primeira reação de um colega: “Mas não é possível!”, tal foi a sua repugnância em crer.

O entusiasmado blogueiro Dudé Soares se esqueceu de tornar público o posicionamento oficial do presidente Geraldo Veríssimo de Oliveira nessa nova etapa da eleição, ou seja, o detalhe que “cutucou” minha atenção na matéria, revelada para mim, pelo vereador Chanxe Dantas. Geraldo Veríssimo procurou o prefeito e o informou que  neste segundo turno ficaria neutro, isto é, votaria em Henrique e Dilma, mas não iria para as ruas pedir votos.

Esta revelação, por si só, absolve o presidente de qualquer palavra que possa distorcer os fatos do seu dia a dia do homem agora pai. Importante: justificou também a sua ausência por que a sua esposa, Dona Isabel, estava numa semana de trabalho de parto. Conheço várias histórias de PODER onde os bajuladores foram responsáveis pelas suas derrotas. E outra, o prefeito Jaime Calado não tem tempo para fuxico de revista.

Publicado em Notícias por Manacy Henrique. Sem Comentario

Eraldo Paiva que traiu Jaime, que traiu Abel, que traiu Quinho, que traiu Joacir, que traiu Nita…

 

- Escrito e publicado por Manacy Henrique em 23 de outubro de 2014

10669041_545675495575878_5243363433269158152_o

Eraldo Paiva que traiu Jaime, que traiu Abel, que traiu Quinho, que traiu Joacir, que traiu Nita…

Neste domingo (26), os são-gonçalenses vão às urnas para dizer quem é o melhor para Rio Grande do Norte Henrique Alves ou Robinson Faria e para o Brasil Dilma ou Aécio. É um gesto democrático que nos torna iguais, por isso não adianta falar alto que eu não estou nem aí.  Vou de Dilma e Henrique Alves.

Da mesma forma, apesar do candidato a governador ser Robinson Faria, os meus amigos Eraldo Paiva, Doutor César Veríssimo e Adelson Martins vão exercer esse mesmo direito.  Embora as suas responsabilidades sejam maiores que a minha. Por quê? Por que são atores de uma trilogia política, escrita pelos próprios, que vai dar o que falar no domingo após as 21h.

Entretanto, a atitude tomada por cada um tem peso diferente e medidas também. O advogado César Veríssimo, irmão do Presidente da Casa Legislativa, Geraldo Veríssimo de Oliveira, pediu demissão do cargo em confiança para poder apoiar Eraldo Paiva. Já Adelson Martins, com aquele jeito que lhe é próprio de incendiário, conversou com o prefeito, não foi aconselhado a ir, mas foi.

E Eraldo Paiva? Este está na porta da prefeitura há mais de dois anos na tentativa de bloquear o retorno dos projetos aprovados pelos colegas da Casa dos Bons Homens de iniciativa do gestor. O seu último pedido de vistas foi ignorado. Repito: levou o Partido dos Trabalhadores (PT), de São Gonçalo do Amarante, a fazer terapia todos os dias para reaprender a andar politicamente. A decisão pessoal de ser candidato, nestas eleições, foi reprovada até pelos companheiros do dia a dia.

Pois bem, nas eleições para prefeito e vereador, em 2012, numa discussão com o vereador Chanxe Dantas disse que o demitiria se fosse o prefeito. “Caso eu fosse o prefeito você estaria demitido!”, com o dedo em riste. Por que o vereador foi ameaçado, mesmo no campo da hipótese, pelo petista? Por que brigava por uma coligação partidária. E o prefeito Jaime Calado fez o seu gosto.

Agora, deu o troco: o traiu. Porém, não entregou os cargos em comissão que é de direito do gestor indicar e demitir. Está na lista do portal a irmã e a sobrinha os seus salários somam mais de R$ 7.500,00. E mais de dez outros cargos. Agora imaginem que esse rapaz demitiria um cargo em comissão por não concordar se aliar partidariamente e, por acaso, se o traísse. Por isso eu disse na última matéria: Eraldo Paiva cuspiu no prato que comeu e continua cuspindo no prato.

Publicado em Notícias por Manacy Henrique. Sem Comentario

Os vereadores Nino, Nonato Queiroz, Alexandre Cavalcanti e mais 11 estiveram no palanque do comício de Santo Antônio do Potengi

 

- Escrito e publicado por Manacy Henrique em 21 de outubro de 2014

IMG_20141022_185318473

Os vereadores Nino, Nonato Queiroz, Alexandre Cavalcanti e mais 11 estiveram no palanque do comício de Santo Antônio do Potengi

Aqui, em Santo Antônio do Potengi, bairro de São Gonçalo do Amarante, este município da Região Metropolitana da Grande Natal, aconteceu nesta quarta-feira (21) o encerramento da campanha de Henrique Alves, candidato a governador, e do vice, João Maia.

O prefeito Jaime Calado, ao abrir o seu discurso, agradeceu as lideranças presentes, aos secretários e, principalmente, ao povo que foi ali lhe prestigiar e também ao seu candidato. Disse que era uma honra receber por mais uma vez Henrique Alves e João Maia.
Segundo o prefeito, Henrique lutou e conseguiu trazer para São Gonçalo do Amarante, neste governo de Dilma Rousseff, uma das obras mais importantes deste país, em se tratando de investimento privado no segmento aeroportuário, o Aeroporto Internacional Governador Aluísio Alves.

Henrique e João Maia sempre foram grandes parceiros da atual administração do prefeito. João Maia, apenas para o Golandim, viabilizou recursos para o calçamento de 11 ruas daquele bairro. Na área de Saúde, através de suas emendas, mais outro balaio de dinheiro chegou ao município para aparelhar todas as Unidades de Saúde. “Temos   10 mil pessoas favorecidas com o Programa Bolsa Família, além de 1800 apartamentos para serem entregues no final de dezembro. Por isso voto 15, Henrique e João e 13, Dilma Rousseff”, finalizou.

“Este é o palanque da união e da mudança!”, sempre afirmou Jaime Calado.  O encontro de Santo Antônio do Potengi foi uma prova da sua luta pela a união das forças políticas são-gonçalenses. Pois prestigiaram o comício os vereadores Chanxe Dantas, Valban Tinoco, Arlete Paiva, Valda Siqueira, Rayure Protásio, Barão, Mendes, Gerson, Eudócio Mota, Pastor Edmilson, Nonato Queiroz, Nino e Alexandre Cavalcanti. Os 13 vão votar e pedir voto para Henrique e João Maia.

O candidato a governador iniciou a sua fala parabenizando a única mulher eleita deputada federal do Rio Grande do Norte Doutora Zenaide Maia. Também agradeceu a presença das pessoas ao evento e afirmou que o melhor prefeito do Brasil estava ao seu lado o então gestor do município.

Revelou estar muito emocionado por viver aquele momento que, para ele, de todos os comícios realizados nesta eleição, com certeza foi o único a tocar seu coração com força. Relatou os benefícios trazidos por ele para a nossa cidade. Queixou-se do ex-presidente Lula pelo fato de ter pedido voto para o seu adversário. Encerrou o discurso agradecendo ao nosso povo e garantiu que Dilma Rousseff será presidente e ele governador.

Publicado em Notícias por Manacy Henrique. Sem Comentario

“Os ratos correram por falta de caráter”

 

- Escrito e publicado por Manacy Henrique em 21 de outubro de 2014

IMG_20141021_205012135

“Os ratos correram por falta de caráter”

O conjunto Jardim Petrópolis, o qual foi fundado pelo prefeito de São Gonçalo, Jaime Calado, nesta terça-feira (21), outra vez recebeu os Caravaneiros da Mudança. O motivo de mais um comício relâmpago é para reforçar o pedido do voto para Henrique Alves, João Maia e Dilma Rousseff e, também, para agradecer a votação da deputada federal Doutora Zenaide Maia.

O grande orador da noite foi o vereador e ex-candidato a suplência de Senador de Wilma de Faria Pastor Edmilson Gomes da Igreja Assembleia de Deus. Desfolhou do seu discurso toda a história política e familiar do então candidato a governador Henrique Alves. “É um homem de bem, é preparado, é honesto e o mais capacitado para governar o Estado que, hoje, está sem rumo, graças a Rosalba Ciarline e o seu vice-governador, Robinson Faria”, enfatizou o pastor.

O representante da Igreja Assembleia de Deus elogiou o comportamento de João Maia, quando ele ainda era deputado federal, com o munícipio. Lembrou que o candidato à vice João Mia trouxe muitos recursos para calçamento e aparelhamento das Unidades de Saúde. Por isso, por algumas lideranças não quererem votar no 15, ele disse a seguinte frase: “Os ratos correram por falta de caráter”.

Falou também Diogo Barão, Brother, Cleidivan Tavares, outro orador bastante elogiado pelo prefeito, Arlete Paiva e Doutora Zenaide Maia. O prefeito abriu o seu discurso prometendo construir uma praça, uma quadra para juventude e uma escola para o conjunto, caso não sejam aprovados pelo governo federal, garantiu construir com recursos próprios.

Ao pedir o voto para Dilma Rousseff justificou dizendo que quem é mãe sabe a importância do Programa Bolsa Família, do Minha Casa, Minha Vida e do acesso do filho pobre a Universidade.  “Nós precisamos de um governo forte politicamente como pode ser o de Henrique e João Maia. Este de Rosalba e Robinson é um fracasso”, afirmou.  Finalizou agradecendo o gesto generoso do povo da comunidade de ter votado em Zenaide Maia e lembrou que no domingo de eleição votasse 15 e 13.

Publicado em Notícias por Manacy Henrique. Sem Comentario

Eraldo Paiva cuspiu no prato que comeu e continua comendo e cuspindo no prato

 

- Escrito e publicado por Manacy Henrique em 21 de outubro de 2014

IMG_20141021_114434698

Eraldo Paiva cuspiu no prato que comeu e continua comendo e cuspindo no prato

A votação do candidato a deputado federal Eraldo Paiva no município de São Gonçalo do Amarante de 2.400 votos o deixou alheado politicamente.

O primeiro susto, pós-campanha, do primeiro turno, provocado pelo vereador da base do governo Eraldo Paiva, que é presidente no Estado do Partido dos Trabalhadores (PT), aos seus colegas aconteceu na reunião plenária em que o Projeto de Lei nº 115/2014 na 3ª e última votação foi aprovado com o voto contra do petista, antes o seu pedido de vistas para o mesmo projeto foi ignorado pela maioria dos membros da Casa Legislativa.

Porém, este gesto que faz lembrar Judas, os anteriores fazem lembrá-los muito mais. Quando digo que Eraldo Paiva cuspiu no prato que comeu e continua comendo e cuspindo no prato é porque o alicerce e o baldrame da sua reeleição para vereador foram construídos com cimento e pedras do prefeito. Lembrar que essa desobediência política lhe custou caro, pois a sua votação pífia, em São Gonçalo do Amarante, não lhe garante nada para as eleições de 2016.

Garantiu, sim, a divisão da família do Partido dos Trabalhadores no município, pois o projeto pessoal de Eraldo Paiva foi deixando pelos caminhos eleitorais “seringueiros”  como Abel Neto, “Quinho”, Joacir, Jeane Ferreira, França de Lima e outros tantos. Uma das suas incoerências partidárias foi tentar expulsar o seu criador Abel Neto, que lhe deu o primeiro livro de português e também o político, do partido quando este decidiu não apoiá-lo.

Mas não teve a mesma coragem ou hombridade de fazer o mesmo consigo, não. Insisto: o cargo de confiança é do gestor, está na constituição, ou seja, quem indica é ele e que demite também. Portanto, já que procurou um destino próprio político, deveria, sim, entregar os cargos. Essa opinião também é dos nossos amigos em comum que temos dentro do PT. Não vou revelá-los para não lhe constranger.
Mas posso tornar público algo que vai lhe tirar o sono por muito tempo.

Como se sente em ter trabalhado os três turnos diariamente nesta eleição para eleger Betinho Segundo? O senhor ajudou a governadora Rosalba Ciarline fazer do seu sobrinho um deputado federal. Considerando os seus princípios políticos, eleitorais e partidários foi um ato que facilmente lhe causa enjoo ou não? Causa-se enjoo é porque foi seboso ou não?

Publicado em Notícias por Manacy Henrique. Sem Comentario

“Ninguém governa sozinho”

 

- Escrito e publicado por Manacy Henrique em 20 de outubro de 2014

10606089_823679081005033_5548398742094305018_n

“Ninguém governa sozinho”

Jacaré-Mirim, Guanduba e Oiteiros, nesta segunda-feira (20), receberam o prefeito Jaime Calado, a deputada federal Doutora Zenaide Maia e as lideranças locais com muito entusiasmo. Agora, segundo turno, o objetivo dos comícios relâmpagos é para convencer o eleitor são-gonçalense a votar em presidente, na Dilma, e governador, em Henrique Alves e João Maia.

Nos seus agradecimentos ele tem feito questão de colocar em evidência que a votação de 21.516 para Doutora Zenaide Maia, em São Gonçalo do Amarante, não foi mérito pessoal seu e, sim, de todos os amigos. Nas comunidades acima citadas o deputado estadual George Soares teve o apoio de Valda Siqueira, Américo e Delma. Já o deputado Álvaro Dias teve o apoio de Gerson Bezerra, de Jailson Tavares, Micael Moreira, através de Seu Antônio, seu sogro, de Leon e Evaldo Braga.

O discurso do suplente Américo foi muito elogiado pelo prefeito e com a mesma qualidade e comprometimento foram os demais. Apenas quero chamar a atenção para as palavras da vereadora Valda Siqueira. A frase “Tem gente dentro do guarda-roupa” proferida por ela deve ser analisada a partir da ausência de pessoas importantes que participaram intensamente no primeiro turno e, agora, estão ausentes. Adelson Martins, que declarou voto a Robinson Faria, é menos um nesse guarda-roupa.

É uma pena que algumas lideranças não se sensibilizem com o fato de João Maia ser o candidato à vice de Henrique Alves. Isto não basta para você ir até a urna e votar na chapa da coligação majoritária PMDB/PR? “Eu estou aqui com muita humildade para pedir a vocês que votem Henrique 15! Dilma 13! Caso, por algum motivo, não queira votar em nenhum deles, então vote em mim meu número é 15 e 13!”, suplicou o prefeito.

Encerrou a sua fala demonstrando otimismo na eleição de Dilma e Henrique. O prefeito garantiu que só Henrique Alves têm condições políticas de comandar o Rio Grande do Norte, pois tem a seu favor 17 partidos. Rosalba e o seu vice-governador, Robinson, fracassaram por falta de apoio político o que também aconteceu com Micarla na prefeitura de Natal. Convidou a todos para a manhã se encontrar com ele na comunidade de Olho D’água do Carrilho.

Publicado em Notícias por Manacy Henrique. Sem Comentario

Seu Canindé França, nesta eleição, apenas deu um voto para ajudar São Gonçalo

 

- Escrito e publicado por Manacy Henrique em 20 de outubro de 2014

1937500_787999717928747_5762576468652066788_n

Seu Canindé França, nesta eleição, apenas deu um voto para ajudar São Gonçalo

O Seu Canindé França, ex-vereador de Caicó, hoje, secretário do município de São Gonçalo, apesar de ter votado em Zenaide Maia, continua trabalhando politicamente contra os interesses eleitorais do município.  Pede voto para Robinson Faria, quando temos o candidato a vice-governador, João Maia, na chapa de Henrique Alves.

Eu fico indignado só de pensar na possiblidade que Robinson possa ganhar por um voto e que, o responsável, em tese, seja esse rapaz. A história do Partido Comunista do Brasil (PCdoB) não foi construída com esse tipo de escolha e ele sabe disso.

Quem tem autoridade para indicar o cargo em comissão, segundo a Constituição do Brasil, é o gestor. Por isso, considerado o gesto do secretário de uma ingratidão sem tamanho. Além do que, tira do povo são-gonçalense a chance de termos um vice-governador com status de governador.

Portanto, o exemplo desse rapaz, pode contaminar, ainda no segundo turno, outros segmentos políticos do município. O vi na feira do Amarante pedindo voto para Robinson Faria, agora, em Extremoz. No Amarante, em pleno meio-dia, percebi que sua face estava molhada, porém não deu para identificar se era suor ou pingos de lágrimas de mentiras.

Publicado em Notícias por Manacy Henrique. Sem Comentario

Gladier Godeiro, politicamente, tornou-se um risco n’água no município

 

- Escrito e publicado por Manacy Henrique em 19 de outubro de 2014

Índice

Gladier Godeiro, politicamente, tornou-se um risco n’água no município

O único rendimento, isto é, produto do capital politico do ex-candidato a deputado estadual pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB) Gladier Godeiro, posto a render nestas eleições, foi contrariar o blogueiro Dudé Soares. Ele e Tarcísio Fernandes, resguardadas as devidas proporções, ambos têm decepcionados os são-gonçalenses.

Considerando a nota publicada no Blog da Cidade pelo seu alimentador Idelfonso Farias, posso concluir que, além de traíra, pois trocou Henrique Alves por Robinson Farias, é sem expressão eleitoral também. O fato que me faz acusá-lo de insignificância política é os 27 votos que obteve como candidato nestas eleições.

Esse rapaz chegou aqui, em São Gonçalo do Amarante, politicamente, sem lenço e documento e, ainda, recebeu um Título de Cidadão Sãogonçalense. A graça foi ofertada pelos membros do diretório do Partido Socialista Brasileiro (PSB). Infelizmente prestaram a homenagem pelo nome e não pelo homem e tudo amparado pela sombrinha da vaidade dos envolvidos.

Eu também fui vítima de uma sarna nos dedos ao escrever sobre a atuação política desse cidadão no município. Ainda bem que, muito rápido, fui curado. Com esse resultado desastroso eleitoralmente e com uma história social, politica e partidária de apagões eu fico na dúvida: será que ele tem “cara de pau” para voltar.

Publicado em Notícias por Manacy Henrique. Sem Comentario
Copyright © O Sãogonçalense – A Força da Notícia |   criado pela Status Empresarial   | Login