Tereza Maia, meus parabéns!

Escrito por Manacy Henrique em 22 de abril de 2018

22540175_367773140328290_9136638450525166648_n

Tereza Maia, meus parabéns!

Não estou no álbum dos amigos da tua infância, da tua escola e nem da festa dos teus 15 anos, Tereza Maia, mas sei que no criado-mundo onde ele está guardado eu tenho cantinho também.

Não sou de acreditar em todas as rezas, mas nas tuas eu boto fé. Porque sei que tu tens Deus no coração. Pessoas como ti tem o poder de fazer, no mínimo, que acreditemos que tudo isso aqui tem um dono, tem um criador.

Quem já comeu do teu pão, quem já bebeu da tua água pode medir o tamanho da tua generosidade. Tu és uma grande inspiração de vida para teu marido, tuas filhas, teus netos e teus amigos.

Paz, saúde e felicidade são os meus votos para ti, pois o resto tu tens de sobra.

Coluna Pinga-fogo é uma nascente de notícias infundadas

Escrito por Manacy Henrique em 19 de abril de 2018

DSC_97401

Coluna Pinga-fogo é uma nascente de notícias infundadas

Zenaide Maia vai votar em Fátima Bezerra para governadora e Fátima em Zenaide para senadora

As notícias da coluna Pinga-fogo, escrita pelo ex-vereador são-gonçalense Alexandre Cavalcanti, são grosseiras e têm o propósito de insultar a nossa inteligência (seja porque o escriba não tem compromisso com o jornalismo, seja porque, politicamente, está no mato sem cachorro).

Hoje quem tem poder de puxá-lo pela coleira política para onde bem entender é o presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, Ezequiel Ferreira. Em um passado recente, foi o ex-prefeito de São Gonçalo do Amarante, RN, Jaime Calado.

No pretérito mais-que-perfeito da sua história política partidária muitos fizeram isso, entre esses, estão o ex-governador do Estado, hoje preso, Fernando Freire e o ex-presidente do Parlamento Estadual Ricardo Mota. Além de do ex-governador Iberê Ferreira de Souza e o ex-prefeito Marcílio Carrilho, ambos mortos.

Pois bem, a nota emitida pelo Diretório Estadual do Partido Humanista da Solidariedade – PHS, confirmando a aliança na majoritária com o PT mostra que Cavalcanti ainda não decidiu se vai ser o vice-governador Fábio Dantas ou o prefeito de Natal, Álvaro Dias, o próximo a levá-lo a fazer xixi nas calçadas do jornalismo.

Além da coligação na majoritária, já existe um pré-acordo definido, segundo a nota dos humanistas, entre o PT, PC do B e PHS. Esse incluiu também as coligações proporcionais. Tudo chancelado e autorizado pela Executiva Nacional do partido.

Poti Neto e uma pré-candidatura de dois gumes

Escrito por Manacy Henrique em 18 de abril de 2018

16603034_1290648814355459_4947344900299867327_n

Poti Neto e uma pré-candidatura de dois gumes

Ter os amigos sempre em volta nas rodas sociais criadas no Facebook é sempre bom, mas isso não garantirá a ninguém, especialmente, ao pré-candidato a deputado estadual Poti Neto o sucesso da sua suposta pré-candidatura.

E não precisa ser “expert” em política partidária são-gonçalense para saber que a maioria com quem ele troca figurinhas nas redes sociais, com todo respeito aos que pensam o contrário, é formada por um punhado detraidores e também comprometidos.

A professora Tereza Fernandes, sua vice na última eleição, por exemplo, vai de Gustavo Carvalho, como também seu irmão, o parlamentar Tarcísio. Os vereadores Edmilson Gomes e Nino saíram do pleito amarrados a outro compromisso político.

Da tradicional família Tavares não escapou nem o ex-presidente da Câmara Municipal Jessé Tavares de Morais. Dos suplentes de maior potencial eleitoral saído das urnas da eleição ganha por Paulinho Emídio, Adriano Queiroz trabalha a quatro mãos para reeleger Ricardo Mota.

Os enturmados politicamente, entre esses, Jadismar Lima pelo menos na disputa que se aproxima seguem caminho próprio. Já os mascarados vão enganar a todos. Ele ainda pode ser surpreendido dentro da própria família, pois o tio e ex-vereador Alexandre Cavalcanti surfa na onda dos Mota.

E Neto sabe que o tiro pode sair pela culatra se o objetivo tem como fim estratégico testar seu potencial eleitoral para as eleições de 2020. Após a sua derrota, restaram poucas Kátia Guimarães, Cinthia Ferreira Cavalcanti e quase nada dos Paulo Tarcísio Cavalcanti.

Na política partidária Marconi Santos tem a astúcia de um tigre

Escrito por Manacy Henrique em 14 de abril de 2018

29425268_1864895980251369_7658284678587088896_o

Na política partidária Marconi Santos tem a astúcia de um tigre

Sabemos que o presidente do diretório municipal do Partido Trabalhista Cristão (PTC), Marconi Santos, com todo respeito, nos dias que antecedem as convenções partidárias costuma agir como um teste de ferro para o seu partido e seu grupo político.

Após a eleição, troca de vestimenta, ou seja, larga a de teste de ferro e põe a de tigre de Bengala. Tigre porque se transforma em um caçador solitário e noturno.

Até anteontem, estava sob a sombra da arvore frondosa do Podemos (PODE). Lugar ideal para um ataque. É bom lembrar que nas suas investidas nunca está só, pelo contrário, sempre tem a cobertura de seis a sete companheiros.

Por sorte da sua presa, uma tempestade política levou de Santos o Podemos. Ufa! Que bom, hein Márcia Soares? Todos nós sabemos que o presidente vem tentando esvaziar o PTC para criar dificuldades na reeleição da vereadora.

Os envolvidos, melhor dizendo, os interessados nessa caçada recusam-se revelar a razão dessa perseguição. As conversas de bastidores não são confiáveis, mas há uma que tem pé e tem cabeça. Vou aguarda as suas próximas caçadas.

Vereador Adelson desafia a Teleperformance a provar que São Gonçalo não têm 1.000 pessoas capacitadas

Escrito por Manacy Henrique em 13 de abril de 2018

Adelson

Vereador Adelson desafia a Teleperformance a provar que São Gonçalo não têm 1.000 pessoas capacitadas

“Dizer que lá tem 500 pessoas de São Gonçalo, é mentira, é mentira!”

Na sessão ordinária de quinta-feira (11) realizada na Câmara de Vereadores de São Gonçalo do Amarante (RN), o vereador Adelson Martins (PV) desafiou a Teleperformance a provar que São Gonçalo não têm 1.000 pessoas capacitadas, já que somos uma população de aproximadamente 110 mil habitantes.

O encontro da comitiva de parlamentares e o prefeito com o presidente da Teleperformance do Brasil, Fabrício Coutinho, para o vereador foi oportuno além da conta, pois revelou que a empresa ignora a lei de incentivo fiscais do município.

O Campus São Gonçalo do Amarante da Teleperformance abriu suas portas no município incentivado pelo acordo de redução de 5% para 2% da alíquota do ISS (Imposto Sobre Serviços). À época, isso faz três anos, o grupo empregava cerca de 3.000 funcionários.

Atualmente, são aproximadamente 2.000 contratados. A lei de incentivos diz que 60% dessa mão de obra devem ser do município, isto é, 1.200 são-gonçalenses. Infelizmente, só 25% foram absolvidos, quer dizer, apenas 500 conterrâneos.

Por esse descaso, já no grande expediente disse Martins: “O nosso povo só não é burro na hora de votar, na hora de dispensar impostos para enricar eles. Na hora em que a Câmara foi parceira em dispensar os impostos, a empresa deveria ser parceira em cumprir o seu compromisso de atender os 60% dos empregos de São Gonçalo do Amarante”.

Com ajuda de Garibaldi Alves o MDB são-gonçalense é enfraquecido

Escrito por Manacy Henrique em 11 de abril de 2018

30581699_1821665064794812_8691603241059745792_n

Com ajuda de Garibaldi Alves o MDB são-gonçalense é enfraquecido

Mesmo a janela partidária fechada para vereador, o parlamentar Edmilson Gomes (PODE) conseguiu pular por ela e escapar das garras do MDB de São Gonçalo do Amarante (RN).

Para socorrer o seu discípulo político e religioso dos braços do MDB, este considerado o Lobo Mal da política brasileira, o deputado federal Antônio Jácome foi aos pés do senador Garibaldi Alves.

Por haver interesse do alto escalão da política, a janelinha de conveniência partidária tornou-se uma “janelona”. Apesar de ambos os comandantes estarem em lados opostos, mais uma vez o jeitinho brasileiro funcionou.

Pouca gente sabe, mas Gomes chegou muito perto de filiar-se ao Partido da República (PR). Com a debandada do antigo PMDB do governo do ex-prefeito Jaime Calado esse sonho ficou pelo caminho.

A mudança, por certo tempo, vai deixar o pastor irreconhecível, pois as suas novas cores de camisa são: amarelo, verde e azul. Trocou o 15 pelo 19 e o verde agora passou a ser uma cor secundária para ele.

Bingo em benefício do tricolor de Barro Duro foi um sucesso

Escrito por Manacy Henrique em 10 de abril de 2018

ERI

Bingo em benefício do tricolor de Barro Duro foi um sucesso

No sábado (7), com precisâo britânica, às 8h, na quadra de esporte, em Barro Duro, foi chamada a primeira pedra do bingo com a seguinte premiação: Ferro elétrico , ventilador, liquidificador e fogão de 4 bocas.O sorteio teve como objetivo ajudar o São Paulo Futebol Clube na disputa do Campeonato Municipal de Futebol.

Desde já, quero enaltecer a coragem, a determinação e o empenho pessoal do presidente do São Paulo de Barro Duro, Eric Alexandre, pela sua ação empreendedora a favor do Mais Querido da comunidade.

Lembrando o saudoso Bil da Vaca: Eri é também um homem sem frescura. Para economizar as finanças do time, humildemente, carregou o fogão da premiação nas costas por, aproximadamente, 1 km. Além disso, meteu a mão no bolso para realizar o evento dentro do combinado.

O bingo entre amigos foi prestigiado por muitos moradores das comunidades circunvizinhas, por exemplo, Cleanto Coelho, também tentou a sorte. Para Felicidade dos promotores, a maioria dos ganhadores era de casa. O prêmio principal foi para Nildo, marido de Andreia. “Agradeço de coração a todos que se sensibilizaram com o nosso apelo”, disse Alexandre logo após a entrega do fogão.

Chiquinho de Ladeira Grande recebe a comitiva de Tereza Maia

Escrito e publicado por Manacy Hnerique em 8 de abril de 2018

30174565_963449967159885_1675992786_o

Chiquinho de Ladeira Grande recebe a comitiva de Tereza Maia

Em Ladeira Grande, o almoço bancado por Chiquinho e Dona Gorete, sua mulher, neste sábado (7) para a primeira-dama de São Gonçalo do Amarante (RN), Tereza Maia, reforçou ainda mais a ideia de que o político deve ir até onde o povo estar.

Com isso, anula-se de uma vez por toda a figura do atravessador de político. E melhor,  o reconhecimento fica com que é de direito, quer dizer, o líder passa a ter o seu valor absoluto. Sem o intruso, não há como desviar o prestígio da liderança.

Ontem, sábado (7), na casa de Chiquinho, ficou claro que a relação entre o cidadão e o agente político pode ser continuada independentemente do vínculo eleitoral e partidário.

Gorete e Thaíse, sua filha, deram um show na cozinha. Pela primeira vez nas andanças de nossa amiga Tereza todo mundo encheu a “barriga” com vontade. A comitiva formada por 12 acompanhantes, sem exceção, todos saíram satisfeito, inclusive, Germano líder.

Prestigiaram o encontro o prefeito Paulinho, Tereza Maia, o ex Jaime, o vereador Valban, Dedé da Galinha, Bá, Dudu, João Maria, Leandro e Nino, ambos guias e o homem dos retornos, Elisson Silva.

 

 

 

 

Mais médicos no Hospital Maternidade Berlarmina Monte de São Gonçalo do Amarante

Escrito por Manacy Henrique em 6 de abrild e 2018

16998018_750895018415382_8739474060414322488_n

Mais médicos no Hospital Maternidade Berlarmina Monte de São Gonçalo do Amarante

Adelson cobrou do governador, mas quem atendeu foi o prefeito Paulinho Emídio

As palmadas politicamente corretas dadas no governador Robinson Faria (PSD) pelo vereador Adelson Martins (PV) têm como objetivo forçá-lo a fazer o repasse mensal para instituição filantrópica, isto é, o Hospital Maternidade Berlarmina Monte.

Infelizmente, nos 16 meses da atual gestão municipal, o prefeito Paulo Emídio de Medeiros só conseguiu de liberação do Estado o valor de R$ 127 mil. Recursos esses investidos em ampliação, especialmente, na melhoria do setor de obstetrícia.

Apesar de Faria ter dado literalmente as costas para o Berlarmina Monte, lembre-se que estamos falando de uma instituição filantrópica, Paulinho, com recursos próprios, comprou uma ambulância que custou R$ aproximadamente 85 mil. Além dos custos operacionais da escala médica terem passados de R$ 8.400,00 para R$ 9.350,00.

Gostaria de informar para alguns pré-candidatos a deputado estadual do município que usam o Facebook como palanque eleitoral que o município realizou a contratualização do hospital para prestar seus serviços. Desde então, podemos afirmar que a instituição sobrevive apenas de doações.

Mais dados para corroborar com esta afirmação. Em 2017, foi repassado pelo município, já no governo de Emídio, o montante de R$ 7.979.722,03. Deste total, 3.730.407,46 foram de recursos próprios. O restante foram recursos do SUS. Se o pré-candidato “bocão” tivesse participado da audiência pública de prestação de contas da Secretaria de Saúde referente aos 2º e 3º bimestre de 2017, realizada na Câmara Municipal, certamente, poderia qualificar as suas críticas.

Quanto à contração de mais um médico para atender na urgência do hospital, peço vênia aos que se sentirem contrariados, foi um decisão de caráter puramente administrativo. O prefeito autorizou e o secretário de Saúde, Jalmir Simões, contratou. Isso, necessariamente, não quer dizer que Paulo não tenha se sensibilizado com os “gritos” de Martins. Como prometi amigo, Efrem Do Baixo, não tem nada a ver com emenda parlamentar.

Família de Mada Maia ainda não julgou os embargos de declaração contra sua pré-candidatura

Escrito por Manacy Henrique em 4 de abril de 2018

16714062

Família de Mada Maia ainda não julgou os embargos de declaração contra sua pré-candidatura

Todos os pré-candidatos a deputado estadual e, também, os que buscam a sua reeleição, petistas ou não, que estão na fila para votar na pré-candidata a senadora Zenaide Maia (PHS) torcem para que Mada Maia Calado (PT) seja convencida a desistir da sua pré-candidatura ainda na 2ª instância, quer dizer, já na pré-campanha eleitoral.

Não é preciso sentar-se á mesa do café da manhã do ex-prefeito de São Gonçalo do Amarante Jaime Calado (PMB) para saber que todo esse moído é contra a sua vontade. Por isso que a pré-candidatura de Mada Calado está sendo considerada uma heresia a bíblia política da família. O vereador Fernando Lucena, advogado da sobrinha, não terá a menor chance. Nessa Suprema Corte os Maia e os Calado são maioria.

Apesar das manifestações nas redes sociais a favor do projeto político de interesse exclusivo dela e do tio Lucena, infelizmente, a maioria absoluta é de ex-cargos comissionados da prefeitura. Muitos estão impedidos de voltar ao Poder Executivo pelo parentesco em linha reta. Claro, que a lei não atinge os agentes políticos.

Outros que torcem desesperadamente para que a embargante consiga efeito modificativo foram abandonados pelo seu candidato a prefeito nas eleições de 2016. Telefonema de convencimento feito a ex-cargos em comissão: “Você não voltou, não foi? Mada é candidata a deputada estadual”.

Portanto se eu estivesse agora numa casa de apostas de Londres, iria jogar tudo que eu tenho no cavalo 22, já que 99% dos jogadores estão arriscando sua “grana” no cavalo de número 13. Não sabem eles que esse não vai esperar a ordem de partida, com certeza vai abandonar antes.