Chico Chagas das Campinas, o Professor

 

- Escrito e publicado por Manacy Henrique em 30 de agosto de 2017

20170829_102949

Chico Chagas das Campinas, o Professor

Estamos sempre a mercê da indiferença dos amigos.

O professor Chagas ainda é lembrado pelos moradores da comunidade das Campinas, zona rural de São Gonçalo do Amarante, RN, pela  dedicação a educação e ao PT. “Era um cara tão bom, era um cara amigo de todo mundo”, disse Seu Ivanildo.

Infelizmente, não são essas as lembranças de Dona Lurdinha, sua mãe, 77 anos, que hoje alimentam a saudade do filho. Reclama que a última vez que viu os amigos do professor foi no velório.

Apesar do enfraquecimento da memória, ela lembra que, alguns dias  após o assassinato dele, recebeu a visita de um cidadão de Poço de Pedra.  O mesmo doou uma cesta-básica, mas o nome dele lhe escapou com o tempo. “De lá prá cá, não veio mais ninguém”, lamentou Dona Lurdinha.

Muito me tocou, sensivelmente, o seu jeito maltrapilho e os gestos descoordenados das mãos ao falar do passado.  Além de um olhar municiado por uma tristeza profunda, havia raiva em seu coração ao praguejar aquele que se apossou dos bens deixados pelo poeta.

No bate-papo, Foi dura com Dona Nazaré, 75 anos, sua irmã. Embora, hoje, esteja aposentada graças à coragem e as astúcias de sua irmã para enfrentar o FUNRURAL.

Ainda mora com Zé Maria, seu filho, no mesmo chão de quando menina.  A casa é imprensada por um roçado de macaxeira e o casebre da irmã. A única sombra sobre o telhado de sua casa é feita por pés de esquecimento e de ingratidão, cujos frutos não têm o gosto do doce da poesia de Chagas, meu amigo.

Deixe um Comentário


+ 7 = oito