Depois de ungido, Eraldo Paiva pode brincar o carnaval sem sentimento de culpa

Escrito e publicado por Manacy Henrique em 19 de fevereiro de 2019

52971433_1175132245991655_6426569653882978304_n

Depois de ungido, Eraldo Paiva pode brincar o carnaval sem sentimento de culpa

Após dá uma de Dom Pedro I, o vice-prefeito Eraldo Paiva recebeu o santo óleo da Prefeitura de São Gonçalo do Amarante/RN. Não foi óleo de nardo puro, o mesmo que Maria ungiu os pés de Jesus, mas sim um óleo azul de caneta BIC.

Além desse ritual, o petista também foi ungido pela governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra. A unção foi feita com óleo vermelho, também, de caneta BIC.

Numa das passagens bíblicas, há o relato de que os discípulos de Jesus ficaram irritados por Ele ter sido ungido por um óleo muito caro. O mesmo aconteceu com os correligionários de Eraldo quando da nomeação da sua mulher.

A esposa de Paiva é chefe de gabinete da Secretaria de Trabalho, Habitação e Assistência Social (Sethas). Íris Oliveira, a titular da pasta, recebeu a unção a pedido de padre Murilo, irmão do vice-prefeito da cidade.

De acordo com alguns petistas, os ungidos são-gonçalenses estão salvos da enfermidade do desemprego. Apesar disso, não se conformam com o óleo vermelho usado no ritual da unção da companheira de Paiva.

Portanto, corporificado politicamente por esses óleos “sagrados”, Eraldo vai vestir novamente a fantasia de Dom Pedro I e pular os quatro dias de carnaval. A quarta-feira de cinzas, dia 06 de março, o dia seguinte ao Carnaval, te espera, Eraldo.

Deixe um Comentário


8 + cinco =