Eleitores de Paulinho, Jaime e Poti são todos farinha do mesmo saco, gente boa

Escrito por Manacy Henrique em 28 de agosto de 2018

39589397_526310041136191_6165334268173090816_o

Eleitores de Paulinho, Jaime e Poti são todos farinha do mesmo saco, gente boa

A história política são-gonçalense não me deixa mentir

Alguns leitores, certamente, por falta de cuidado com o duplo sentido da frase “farinha do mesmo saco” usam-na com a intenção apenas de igualar os seus acusados do mesmo defeito de comportamento.

Felizmente, graças aos estudos gramaticais, descobri que no anverso do termo está escrito: do bom com bom, e do mal com mal, ou seja, farinha boa em um saco, farinha ruim outro saco.

Pois bem, em uma das nossas pistas oficiais de atletismo político temos Mada Maia (PT), Cristiane Dantas (PPL), Tereza Maia (PR), Raimundo Mendes (PMB) e Eraldo Paiva (PT). Na outra, está Elaine Neves (PRP) E Jadismar Lima (Solidariedade).

Esses candidatos, com todo o respeito aqueles que divergem de mim, são farinha do mesmo saco, gente boa, quer dizer, farinha boa em um saco. A divergência, por si só, não pode ter força para colocar o opositor de suas idéias no saco do mal com mal, isto é, farinha ruim.

Se o povo é o juiz desta corrida eleitoral, então cabe a ele julgar o golpe baixo, quer dizer, pontapé no voto do concorre, jogada desleal na abordagem e o desrespeito as regras dos bons costumes entre candidatos do mesmo grupo político.

Deixe um Comentário


− cinco = 0