Elogios oportunistas, feitos a Paulinho Emídio, incomodam o próprio prefeito são-gonçalense

Escrito por Manacy Henrique em 22 de novembro de 2018

chanxe e paulinho

Elogios oportunistas, feitos a Paulinho Emídio, incomodam o próprio prefeito são-gonçalense

Certamente não é preciso fazer teste de quociente de inteligência (QI, no popular) em alguns freelanceres da imprensa são-gonçalenses para medir sua capacidade cognitiva, ou seja, o conjunto das habilidades de pensamentos, raciocínio, memória, etc. No jornalismo, por exemplo, está claro que é baixo.

Esses voluntários fazem enxertos nos seus textos carregados de elogios oportunistas ao prefeito de São Gonçalo do Amarante, RN, Paulino Emídio de Medeiros, para agradar também o vereador, entretanto, não se tocam que são porta-vozes de constrangimento.

Na prática, faz para os alheios porque não têm com fazer para os seus. Pois todas as suas apostas políticas, por várias campanhas, até agora não deram em nada. E pior, usa os vereadores da base governista Chanxe Dantas e Edmilson Gomes como subterfúgio para expressar as suas frustrações.

Não goza da amizade de ambos, pois se gozasse saberia que Chanxe Dantas, por exemplo, usa desse recurso porque os principais aliados de Jaime Calado já bateram ou continuam batendo com força na maioria dos seus colegas.

Infelizmente, esses caçadores estão no mato sem o bom cachorro de caça, que é o Braco alemão de pelo curto. Este, sim, saberia valorizar, sobretudo, a caça. Não iria buscá-la por qualquer ração que lhe oferecesse.

Portanto, quem achar que vai pagar as suas contas com o dividendo de desentendimento político entre Paulinho e Jaime pode parar de fazer esse tipo de investimento. Vocês não têm condições de se sair bem num teste de capacidade cognitiva, pois não lhes parecem óbvio que para o ex-prefeito o bom mesmo é que Paulinho faça uma administração melhor que seu antecessor?

Deixe um Comentário


7 + = catorze