Eu fico constrangido, imaginem o presidente da Câmara Municipal

Escrito por Manacy Henrique em 24 de janeiro de 2019

50521872_2427561677318127_4091491652688936960_o

Eu fico constrangido, imaginem o presidente da Câmara Municipal

 

Falta de galhardia do ex-presidente Mendes para com a Mesa Diretora da Câmara Municipal de São Gonçalo do Amarante, apesar do alvo atingido ser sempre o presidente Edson Valban, constrange alguns colegas, inclusive, quem está atento as suas investidas.

Em sessão extraordinária realizada na última terça-feira (22), ele deu o primeiro bote. Por descuido da Mesa, o presidente sugeriu colocar em uma só votação o regime de urgência dos cinco projetos. “…não, não pode tem que ser individual…”, atacou certamente valendo-se do regimento e de sua experiência.

 

Na sessão extraordinária realizada no dia ontem, quarta-feira (23), repetiu o gesto. E pior: pediu uma parte para repreender os companheiros por descumprimento do regimento. “…na discussão, cada vereador só pode falar uma vez…”. É só pedir a quebra de sigilo das suas filmagens para acharmos facilmente os seus sete erros capitais a frente da Mesa Diretora.

 

Na verdade, Mendes perdeu uma grande chance de elogiar a condução inovadora dos trabalhos adotada por Valban. Aliás, inovação essa que traz para o centro das discussões o presidente da Comissão de Fiscalização e Finanças, Edson Arcanjo, e o próprio Mendes, que é presidente da Comissão de Justiça e Legislação.

 

Infelizmente, o comportamento do vereador Mendes é sobra, ainda, do seu mandato de presidente da Casa dos Bons Homens. Chanxe Dantas, Edson Arcanjo, o Nino, e seu colega, também, advogado Clóvis Júnior foram vítimas das intempestivas ações do “Galeguinho Dos olhos Azuis”.

Deixe um Comentário


nove + 4 =