Ídolo de pano

Escrito por Manacy Henrique em 11 de maio de 2018

boneca-de-pano-princesa-0-cm-porta-fralda - Cópia

Ídolo de pano

“Tudo que você faz, um dia volta pra você”

Na política são-gonçalense, os filhinhos de papai nem sempre são geniais. Arriscam tudo na busca frenética pelo poder, fama e dinheiro. São capazes de atos que depois para se arrependerem dão trabalho.

Para ser sua semelhança (semelhança dos pais), a maioria insistem nos erros até chegar à velhice. Pegam o maior patrimônio da humanidade, que é o amor, e enfiem naquele lugar.

Essas pessoas, além de estarem sempre atordoadas, não têm humildade, gratidão nem paz no coração. Dentro de casa, o poder de destruição é o mesmo da larva do vulcão Kilauea.

E pior: acham que têm o poder, politicamente, de ressuscitar. Agem como frades franciscanos, mas na realidade são papa-figos travestidos de bons velhinhos.

Agora me responda: alguém que trai a confiança do pai e da mãe tem condições morais de representar você, meu caro leitor? Aliás, traiu também a do grupo político.

Deixe um Comentário


três − = 0