Inversão de pauta causa polêmica na Câmara Municipal de São Gonçalo

 

- Escrito e publicado por Manacy Henrique em 31 de agosto de 2017

18058110_1955347818026978_5450541166688585519_n

Inversão de pauta causa polêmica na Câmara Municipal de São Gonçalo

Ao inverter a pauta da reunião plenária desta quinta-feira, 31, na Câmara de Vereadores de São Gonçalo do Amarante, RN, o presidente Raimundo Mendes Alves (PMB) foi questionado por alguns colegas.

Desta vez, quem pediu a compreensão dos presentes para sair um pouco mais cedo foi o vereador Jailson Tavares (PR). Por motivo de saúde o mesmo não poderia ficar até o encerramento da sessão, pois estava com uma consulta médica marcada.

Embora a “manobra” não esteja prevista no regimento interno da Casa dos Bons Homens, ou seja, trata-se de matéria omissa, nesse caso a mesa diretora tem o poder de decidir.
“A ordem dos fatores não altera o produto”, esta foi a justificativa do presidente para não revogar o pedido do parlamentar. Apesar dos protestos dos vereadores Chanxe Dantas (PRB) e de Geraldo Veríssimo (PC do B).

O ultimato de Chanxe: “Vou concordar novamente com a inversão, mas vou logo avisando que serei contra da próxima vez”. Veríssimo chamou a atenção para o fato desse tipo de solicitação estar virando rotina e, na sua visão, é ruim para a imagem da Casa.

Enfim, o irmão do ex-presidente Jessé Tavares conseguiu autorização para se ausentar logo após as votações. Para Mendes, a inversão de pauta também é um recurso para evitar que o vereador deixe de votar as matérias importantes.

Deixe um Comentário


oito + = 17