Justiça tenta acabar com desvio de função na Câmara Municipal de São Gonçalo

Escrito por Manacy Henrique em 23 de novembro de 2018

Justiça tenta acabar com desvio de função na Câmara Municipal de São Gonçalo...PÁGINA 4.

Justiça tenta acabar com desvio de função na Câmara Municipal de São Gonçalo

Da área de saúde, tinham um enfermeiro, uma enfermeira e uma auxiliar de enfermagem à disposição da Câmara.

O prefeito de São Gonçalo do Amarante/RN, Paulo Emídio de Medeiros, tomou todas as providências cabíveis para regularizar a situação de 11 servidores públicos municipais em desvio de função cedidos a Câmara de Vereadores de São Gonçalo do Amarante/RN.

Além desses casos flagrados na Casa dos Bons Homens, foram identificadas mais irregularidades de cessões de servidores em outros órgãos municipais, mas serão necessárias mais informações da Secretaria Municipal de Administração para possíveis manifestações da justiça.

A medida é uma Recomendação do Ministério Público do Rio Grande do Norte, por meio da 1ª Promotoria de Justiça da Comarca de São Gonçalo do Amarante. O documento foi assinado pela promotora de justiça, Lucy Figueira Peixoto Mariano da Silva.

No caso da Casa de Leis, são tantos erros que, mesmo com essa correção, a emenda sai pior do que o soneto. O que faz um enfermeiro, uma enfermeira e uma auxiliar de enfermagem nas dependências da Câmara Municipal? Ora, nem um aparelho de medir pressão existe por lá. Pasmem, no município, Uma enfermeira ganha um salário próximo de R$ 3,5 mil.

Diante do fato, cabe questionar o papel da procuradoria da Casa Legislativa. Como se paga um salário de R$ 6,5 mil e o profissional não consegue agir para evitar que a Câmara passe por tamanho constrangimento. Afinal, quem também poderá ser questionado e passar por constrangimento é o cidadão são-gonçalense.

Enfim, estamos torcendo para que a justiça tenha conseguido por um fim no desvio de função alimentado pela Casa Legislativa por anos. Apesar de alguns funcionários cedidos fazerem jus a cessão, a maioria usa o “benefício” para bater perna, quer dizer, receber pelo que não sabe fazer e ganhando bem.

Deixe um Comentário


seis − = 5