Mendes gasta R$ 10 mil para matar ratos e baratas

Escrito por Manacy Henrique em 6 de outubro de 2018

raimundo-mendes-750x500

Mendes gasta R$ 10 mil para matar ratos e baratas

Não tivemos acesso ao laudo técnico da empresa M BEZERRADEDETIZAÇÃO ME que justificasse a necessidade do serviço de dedetização do prédio da Câmara Municipal de Vereadores de São Gonçalo do Amarante, RN. Entretanto, o extrato de dispensa de licitação no valor R$ 10.880,00 foi publicado no dia 1º de novembro de 2018 no Diário Oficial do Município.

As informações passadas para nós são de que na última segunda-feira (29), dia do patrono São Benedito, feriado na cidade, dois funcionários da referida empresa levaram aproximadamente quatro horas para fazer a imprescindível dedetização. “Eles também fizeram nas laterais”, disse a fonte.

Apesar do valor pago, segundo essa mesma fonte, alguns gabinetes não foram dedetizados e nem foi feita limpeza na caixa d’água. Isso nos leva a crer que não houve planejamento para a execução dos serviços, ou seja, a diretora de administração da Casa dos Bons Homens supostamente não foi acionada.

Também procurei saber de alguns colegas do presidente o que eles acharam dessa ação administrativa. “Eu mesmo não fui informado”, reagiu um deles. Com muito cuidado, outros reclamaram que o presidente recontratou, porém, eles ficaram com mais dificuldades ainda depois das ações desastrosas da empresa de terceirização ASPEC.

Enfim, combater a ação de ratos e baratas tem como fim impedir a proliferação de insetos e roedores, evitando com isso transmissão de doenças aos freqüentadores da Casa Legislativa e aos das residências circunvizinhas. Embora, em minha opinião, por dez litros de veneno e dois funcionários o custo foi alto.

Deixe um Comentário


sete + 4 =