O título de Cidadão Sãogonçalense: Está perdendo a sua importância pela falta de critérios

- Escrito e publicado por Manacy Henrique em 19 de dezembro de 2011

Alguns vereadores da Câmara Municipal de São Gonçalo do Amarante, neste ano,  não tiveram critérios para a indicação do título Sãogonçalense. Embora não haja norma para o agraciamento no Regimento Interno da Casa, ainda assim o gesto fica nivelado por baixo.

Usar o critério político para conceder o título torna o ato apelativo e deprecia moralmente o objetivo do vereador. Já quem recebe, na maioria das vezes, não avalia que tudo se resume num bote político.

Que tal compararmos o título entregue a presidenta do Brassil, Dilma Rousseff, que hoje é uma cidadã sãogonçalense, e o que fora entregue a mim no ano de 2010. Perceberam a disparidade¿ Pois bem, esse samba do crioulo doido que estão fazendo com uma das mais importantes simbologias do poder Executivo Municipal, com certeza, escurece um pouco o orgulho de quem a  recebe.

Espero que a Mesa Diretora da Casa do Povo tome as providências necessárias para moralizar e trazer de volta o sentimento de cidadania, honra e do dever cumprido para todos os contemplados com o título de Cidadão Sãogonçalense.

Lançamento do livro de Deífilo Gurgel é adiado

- Publicado por Manacy Henrique em 19 de dezembro de 2011

Dez anos de pesquisa, 300 romances registrados entre 1985 e 1995, com algumas atualizações nos anos seguintes, mais de 100 entrevistas realizadas e quinze anos para organizar todo material até deixar pronto para publicação. Esses são os principais números de “Romanceiro Potiguar”, obra que traduz o tamanho da dedicação do poeta e folclorista Deífilo Gurgel. O livro está pronto, foi impresso com apoio  da Fundação José Augusto, mas o lançamento ainda está sem data definida. Inicialmente agendado para acontecer neste próximo dia 21 (quarta-feira) no Palácio Potengi – Pinacoteca do Estado, junto com outras publicações como a nova edição da revista Preá, o lançamento depende agora de um posicionamento da família do autor.

“Pensamos na possibilidade de lançar o livro no dia 6 de janeiro, dia de Santos Reis, uma data contextualizada com as manifestações de cultura popular, tema do livro”, disse o jornalista e escritor Tarcísio Gurgel, irmão do autor. “Seria um momento oportuno, pois poderíamos contar com a participação de grupos desse universo popular”, garante.

A mudança nos planos esbarra em uma série de questões, entre elas o estado de saúde delicado do próprio Deífilo – ontem, quando a reportagem do VIVER ligou para a casa dele, o folclorista estava descansando e aguardava a visita de um médico. No começo da noite, Deífilo conversou com a reportagem e disse que está com a “boneca do livro em mãos, para a última revisão”. Também adiantou que o prefácio está pronto e foi escrito por Paulo de Tarso Correia de Melo.

Segundo a assessoria de imprensa da FJA, a primeira opção para lançar “Romanceiro Potiguar” era promover um cortejo com grupos de cultura popular em frente a casa de Deífilo no bairro do Tirol. “A ideia foi descartada pela própria família”, informou Sheyla Azevedo. Segundo a assessora, o lançamento deveria ter ocorrido semana passada mas o autor preferiu aguardar a chegada no dia 21 de uma das filhas que mora fora de Natal. “As datas coincidiram e levantamos essa nova possibilidade. Agora aguardamos um posicionamento da família”, disse Sheyla, lembrando que o “livro estava parado na gráfica do Senado sem previsão para impressão, e a SecultRN/FJA achou interessante não ficar esperando”.

DESCOBERTAS

Deífilo Gurgel percorreu o RN entre 1985 e 1995 para fazer um levantamento minucioso do que ainda restava dos romances ibéricos imortalizados por nomes como Dona Militana, de São Gonçalo do Amarante. “Não imaginava que encontraria tanta coisa!”, frisou o autor durante entrevista concedida a TRIBUNA DO NORTE em julho passado – sua pesquisa se contrapõe à constatação de Mário de Andrade, musicólogo e historiador que circulou pela região na década de trinta catalogando as sonoridades nordestinas. “Andrade reclamou de não ter encontrado romances por aqui, mas temos que ver ele passou um mês e meio no RN e andou pouco”.

Professor aposentado de Folclore Brasileiro do Departamento de Artes da UFRN, Deífilo recebeu apoio da Universidade para viabilizar sua pesquisa. Descobriu romances que antes só havia registro de versões em espanhol como “Milagre do Trigo”, apresentado por Dona Militana. Outro destaque de seu trabalho foi o romance “Paulina e Don João”, recitado por Dona Maria de Aleixo em Nísia Floresta. A terceira descoberta destacada por Gurgel foi o romanceiro Pedro Ribeiro, de São Pedro do Potengi. “Seu Pedro conhecia cantigas antigas dos tempos áureos da pecuária potiguar. Cantou vários fragmentos de romances criados por Fabião das Queimadas (1848-1928)”, lembrou.

Alex Regis – Tribuna do Norte

“Peladão Contra a Fome” comemora 10 anos em São Gonçalo

- Publicado por Manacy Henrique em 19 de dezembro de 2011

O campo do Auto Esporte, em São Gonçalo do Amarante, foi o palco escolhido para as comemorações dos 10 anos de realização da disputa do “Peladão Contra a Fome”, evento promovido pelo Sindicato dos Atletas Profissionais do Rio Grande do Norte (SAPERN), e que a cada ano é sediado numa cidade diferente com o apoio da prefeitura municipal.

O prefeito Jaime Calado prestigiou o evento e foi homenageado pela SAPERN, que pela primeira vez entregou uma comenda a um político do Rio Grande do Norte. “A homenagem é resultado do investimento e apoio que a administração de Jaime está realizando no esporte amador”, declarou Felipe Augusto, presidente da SAPERN.

“Recebo esse reconhecimento com muita satisfação. Estou encantado com a mobilização dos atletas profissionais, e atletas modo em geral, por essa causa tão justa que é o combate a fome. Estamos fazendo a nossa parte, colocando o esporte com uma ferramenta de educação e lazer para os sãogonçalenses”, enfatizou Jaime.

O peladão reuniu atletas e ex atletas profissionais do Estado numa partida onde foi arrecadada ½ tonelada de alimentos não perecíveis. Em campo, a disputa foi entre a seleção de São Gonçalo contra o combinado das equipes do ABC e América. O jogo terminou empatado em 1×1, mas quem ganhou com o evento foram as instituições beneficiadas.

“Escolhemos o Hospital Maternidade Belarmina Monte e a casa de Caridade Adolfo Bezerra de Menezes para receber a doação desses alimentos que chegam em boa hora, exatamente na época de final de ano, onde o clima natalino nos deixa mais  solidários ”, disse o secretário da Juventude, Esporte e Lazer, Flávio Henrique.

Algumas das mil mentiras do Seu Chico Lima

- Escrito e publicado por Manacy Henrique em 17 de dezembro de 2011

Um governo que tem o prestígio de receber, dentre os 5.500 municípios do Brasil, o prêmio ANPV 2011“As 100 Cidades Mais Sustentáveis do Brasil” e ser reconhecido como um dos 100 melhores gestores do país pela revista Prefeitos e Vices, não deve se sentir incomodado com o Seu Chico Lima, blogueiro oficial de Poti, que recebera dos seus amigos da mídia são-gonçalense o cognome de Papagaio de Pirata.

E cujo currículo não lhe dá credibilidade para que as suas mil mentiras um dia se tronarão  verdades. Tratar com desdém uma administração que, seguramente, os seus resultados beneficiarão várias outras gerações não está levando a sério o nosso povo.

Esse sonho de eleger um gestor que cobrava propina para o seu empreendimento particular e que usava da emoção dos desportistas para passar despercebido de tais atos, não pode prevalecer sobre a prática do bem comum da gestão atual.

A sua oposição radical e ativa às regras e convenções socioculturais aparece quando o senhor afirma que não tem comparação a administração de Poti com a de Jaime. Crítica a uma afirmação feita pelo presidente da Câmara Municipal, Geraldo Veríssimo, no seu discurso da Sessão Plenária de quinta-feira (15).

Em resposta a grande obra construída pelo ex-prefeito Poti Júnior que fora o CT do Touro, estrutura considerada entre as dez melhores do nordeste, o prefeito Jaime Calado realizou para a população, além dos avanços na Educação, Saúde, Esporte e Infraestrutura, o IFRN e deu ao município a terceira melhor colocação do índice do IDEB no Estado.

A visita da presidenta do Brasil, Dilma Rousseff, para a assinatura do Contrato de Concessão do Aeroporto Internacional de São Gonçalo foi o maior momento politico que, certamente, só com prestígio político e moral administrativa, um prefeito poderia sonhar. E esse prefeito Deus quis que fosse Jaime.

Geraldo Veríssimo: “Jaime, a sua vitória está garantida”

- Escrito e publicado por Manacy Henrique em 15 de dezembro de 2011

Não testemunhei até hoje, olha que faz muito tempo que acompanho as Sessões Plenárias, um discurso com tanta entrega política, com tanto aceno partidário e de demonstração de fidelidade quanto fora o de Geraldo Veríssimo do auto da tribuna, nesta quinta-feira (15), na Câmara Municipal de São Gonçalo do Amarante.

Já nos primeiros minutos do discurso percebemos que o ele se transformaria num monólogo. Apesar dos apartes de Valban, Joselito, Nino, João Costa e Eraldo Paiva, ninguém tirou os olhos do vereador-presidente, daí a importância do assunto a ser abordado.

Foi aparteado, principalmente, pela coragem de ter feito as comparações das administrações anteriores em relação aos números absolutos da atual administração nos temas Educação, Saúde, Esporte, Obras, Cultura e Limpeza Urbana. A cidadania e a solidariedade desse governo com o povo são-gonçalense faz parte do enredo do maestro Jaime Calado.

Às vezes que o vereador pré-candidato a prefeito pela oposição, Edson Valban, solicitou o aparte não foi muito feliz, pois os seus argumentos, sem consistência e caducos, sempre estiveram no plano inferior. Numa desses enfrentamentos disse o presidente: “O vereador Valban vai dizer o quê? Que tem água em Serrinha e Poço de Pedra, que temos a terceira melhor colocação do índice do IDEB no Estado de todos os tempos? Por que não trouxeram o IFRN ao invés de ter construído o CT do Touro e vender jogadores que a população não sabe para onde foi o dinheiro?”, questionou Geraldo.

Daí pra frente o vereador-presidente, Geraldo Veríssimo, deu um toque lúdico ao seu depoimento, pois não tinha quem se contrapusesse ao seu momento particular de tanta inspiração política na defesa do governo Jaime.  “Eu faço parte de um governo verdadeiro. Quem é Chico ou quem é Francisco? Todo Chico é Francisco?”, disse em tom ameno.

Encerrou o vereador com as seguintes indagações: “Será se foi pouco tempo para os governos de Jarbas e Poti acabarem com as mazelas iguais as que ainda hoje matam as crianças na Etiópia? Será que o tempo não deu para libertar as crianças de Jacaraú do sol escaldante sobre um chão de terra que queimava seus pés no deslocamento para Uruaçu em busca de comer uma bolacha Creme Craker com um pedaço de rapadura? Ao olhar pelo retrovisor as administrações anteriores tenho vontade de chorar. Estamos aqui senhores vereadores com uma missão nobre que é a de garantir a felicidade do povo são-gonçalense”.

Coligação e vice: Quem eu quero não me quer

- Escrito e publicado por Manacy Henrique em 13 de dezembro de 2011

Na Sessão Plenária desta terça-feira (13), na Câmara Municipal de São Gonçalo, dois assuntos dominaram os apartes e embalaram os sonhos de quem deseja ser vice e dos outros que entendem a coligação como um gesto político necessário para o embate eleitoral.

O tema em voga era a possibilidade de várias combinações partidárias visando às coligações que satisfizessem a todos. Não faltaram gentilezas por parte de alguns vereadores ao pré-candidato a vereador, vice, talvez, Eraldo Paiva. Este, por sua vez, deixou claro que cabe ao prefeito Jaime conduzir o processo.

“Fomos nós vereadores que construímos esse governo”, disse o presidente do PT no Estado. Em outras palavras o vereador do PT não tem dúvida da capacidade do prefeito em arrumar a casa e deixar todo mundo em condições de igualdade para disputar uma cadeira em 2012.

Já o vereador João Costa, tudo indica que ficará na Câmara até março de 2012, questionou a atual situação do vice-prefeito de São Gonçalo, José Sergiano, alegando que pode ser legal, mas é imoral um cidadão ganhar o valor de R$ 9.000,00 (Nove mil reais) sem fazer nada em benefício do povo.

O aparte do presidente da Casa, Geraldo Veríssimo, em relação à temática explorada por João Costa foi de indignação e afirmou que tudo que  aconteceu foi simplesmente uma tomada de posição sustentada pela vaidade de um filho (Ivan Targino) que, consequentemente, comprometeu a família por inteira.

Em seguida o vereador presidente do PMDB, Edson Valban, disse que era complicado ser vice. “Talvez um dos melhores vices da nossa história política tenha sido José Targino. O meu pai, Valdivan Tinoco, foi vice de Hamilton, mas na hora em que se sentiu desprestigiado entregou o cargo. Ainda assim, nunca deixou de trabalhar e servir ao povo de São Gonçalo”, palavras de Valban.

Parabéns aos senhores vereadores, pois fizeram uma Sessão envolvente e os discursos, apesar de serem longos, porém não foram cansativos. Graças às provocações do vereador Eraldo, Nino, Nonato, Valban, Joselito e João Costa.

Mobilização pela paz ganhou as ruas de São Gonçalo

- Publicado por Manacy Henrique em 13 de dezembro de 2011

A população de São Gonçalo do Amarante foi às ruas na tarde de ontem (11) para comemorar a emancipação política do município com um grito pela paz. Centenas de pessoas vestiram roupas brancas, carregaram bandeiras e faixas numa carreata seguida de caminhada contra todos os tipos de violência.

A mobilização foi organizada pelas igrejas católicas e evangélicas de São Gonçalo, que se uniram a outros setores da sociedade para alertar também sobre os riscos que as drogas representam às famílias, tendo como alvo principal os jovens.

A carreata saiu da Praça Eliane Barros, no conjunto Amarante, e seguiu pela RN 160. Quem não pôde acompanhar de carro se aglomerou nas calçadas em sinal de aprovação ao movimento. Os padres e pastores se revezaram nas mensagens de paz, levando a palavra de Deus.

O ponto alto do evento foi a caminhada pela paz chegando ao centro de São Gonçalo e finalizando na Praça Senador Dinarte Mariz com depoimentos sobre casos de violência e um ato ecumênico. Na ocasião o prefeito Jaime Calado deu por inaugurada a iluminação natalina de 2011.

Fonte: Secretaria de Comuicação

Prefeitura premia campeões do esporte de São Gonçalo em 2011

- Publicado por Manacy Henrique em 13 de dezembro de 2011

Também foram homenageadas as personalidades que fizeram e fazem história no esporte do município

A Secretaria de Juventude, Esporte e Lazer de São Gonçalo do Amarante realizou na noite deste sábado (10) a solenidade de premiação das equipes que se destacaram no campeonato municipal de futebol de campo e futsal em 2011. Uma verdadeira noite de gala para o esporte amador do município que contou com a presença do prefeito Jaime Calado.

“Esse é o momento de agradecer aos desportistas de São Gonçalo. Estamos aqui por que vocês fizeram campeonatos brilhantes, e nós da prefeitura não medimos esforços em apoiar essas competições. Parabenizo os dirigentes e atletas que com todas as dificuldades mantêm os times em atividade. A nossa forma de agradecer é fazendo um dos campeonatos mais disputados e com a melhor premiação do Rio Grande do Norte”, declarou Jaime.

Ainda estiveram presentes, ao evento, o presidente da Câmara Municipal de São Gonçalo, Geraldo Veríssimo, os vereadores Jailson Tavares, João Costa, Joselito Dantas, secretários municipais, parentes e amigos dos atletas. Em seu discurso, o secretário de Juventude, Esporte e Lazer, Flávio Henrique, citou as ações da Semjel em 2011 e garantiu que os resultados são satisfatórios.

“Disse ao prefeito Jaime Calado que ele pode andar de cabeça erguida entre os desportistas de São Gonçalo. Antes o esporte do município era feito apenas para um time, hoje todos tem oportunidade de mostrar o talento e disputar de igual para igual por que São Gonçalo conta com um prefeito que valoriza e incentiva a prática esportiva em todas as modalidades”, enfatizou Flávio.

Além de premiar as quatro equipes melhores classificadas no futsal e futebol de campo, artilheiros e goleiros menos vazados nas categorias Aspirante, Master 35, Sub-16, Veteranos e Titulares, a prefeitura também homenageou o paratleta sãogonçalense Jackson Alexandre que exibiu no peito as conquistas na natação e também 40 personalidades que receberam das mãos do prefeito Jaime Calado a comenda de Honra ao Mérito Desportivo de São Gonçalo.

Flávio informou ainda que juntando as duas competições o investimento supera os R$ 200 mil, entre premiação e custos com a realização dos jogos e doação de kits esportivos. São mais de 5 mil atletas que participam dos campeonatos e disputam o título.

Fonte: Secretaria de Comunicação