O povo sãogonçalense jamais esquecerá o quanto Jarbas atrasou o futuro dos seus filhos

-Escrito e publicado por Manacy Henrique em 29 de setembro de 2011

O que pensar do político que sai em busca de uma legenda visando tão somente apenas legalizar a sua situação eleitoral. Logo que assina a ficha de filiação abandona o compromisso partidário e é indiferente com aqueles que defendem e praticam o que está escrito no estatuto.

Pois bem. O ex-prefeito de São Gonçalo do Amarante, Jarbas Cavalcanti, depois de ser encaixotado pelo Partido Verde (PV), quebrando o seu primeiro compromisso com o PMDB ao apoiar a governadora eleita Rosalba Ciarline, fez pantim de ir para o DEM, novamente tentou voltar para o PMDB e agora está com o pé no partido PSC.

Na realidade o ex-prefeito não teve forças políticas para enfrentar Salatiel de Souza na disputa pelo PV do município. A desistência do DEM se deu em função da dificuldade que tem em cumprir os acordos partidários.

Haja vista o que aconteceu com o deputado Poti Júnior na eleição de 2008. O primeiro secretário da Assembléia Legislativa esperou a reciprocidade política eleitoral de Jarbas Cavalcanti. Pois o fez prefeito e o agradecimento da criatura foi ficar contra o criador.

A administração de Jarbas ajudou a quebrar o encanto que ele tinha com o povo sãogonçalense. Até os amigos foram diluídos. Não há nada do passado administrativo do ex-prefeito, principalmente, no item obras que possa superar o do atual prefeito Jaime Calado.

A dificuldade de encontrar uma legenda confirma o quanto Jarbas foi mal na sua passagem pela prefeitura de São Gonçalo. É um cidadão que, politicamente, não tem mais o que fazer  na cidade. Os créditos acabaram e pela sua inconseqüência política de quatro anos de administração não tem como recuperá-los.

O que o penduricalho de gravata de político vai dizer de Joselito?

- Escrito e publicado por Manacy Henrique em 27 de setembro de 2011

O que há entre o prefeito Jaime Calado e o deputado, primeiro secretário da Assembléia Legislativa, Poti Júnior, que o penduricalho de gravata de político, Chico, não saiba? Tudo. Não sabe nada, nada!

O que vai dizer do suplente do Partido Popular (PP), Joselito Dantas, que vem assumir uma cadeira na Câmara Municipal para compor a base aliada do governo Jaime? Pelo menos o vereador Joselito não foi flagrado trocando cargo por empréstimo pessoal.

Joselito foi um estudante pobre, porém é bacharelado em matemática e exerce uma profissão. Tem o respeito e trânsito livre pelos corredores da política sãogonçalense. Diferente do penduricalho de gravata de político que usou do cargo público para fazer uma dívida no SAAE de mais de dois mil reais.

Sou amigo de Joselito e acompanhei de perto a sua passagem pela administração do ex-prefeito Poti Júnior. Além de ter sido um homem “forte” era também um diplomata. Quanto ao penduricalho de gravata de político não posso dizer o mesmo. Sei que mentiu em juízo num julgamento para favorecer sua correligionária.

O companheiro Joselito está chegando por entender que a administração do prefeito de São Gonçalo, Jaime Calado, trabalha em favor do povo. Já o penduricalho de gravata de político diz que o prefeito não faz nada. Nem Poti, nem Alexandre e nem Jarbas usam dessa prática fácil, quem a usa é um imbecil.

Os Congos de Calçola de São Gonçalo recebeu Troféu Cultura 20

-  Publicado por Manacy Henrique em 27 de setembro de 2011


O troféu Cultura chegou em sua 8ª edição e contou com apoios importantes de entidades que orientam e coordenam a execução da política cultural do Estado e na capital potiguar.

Este ano, a cerimônia de premeação foi realizada dia 27 de maio, às 19h30, no Auditório da Casa da Indústria-FIERN.

Homenageando personalidades, artistas e instituições culturais, o Troféu Cultura, idealizado pelo jornalista Toinho Silveira tem ainda a pretensão de valorizar e dar visibilidade ao nosso protagonismo cultural, além de estimular e aprimorar o intercâmbio entre os agentes, artistas, produtores e pesquisadores dos mais variados setores artísticos e culturais do Rio Grande do Norte.

O Troféu Cultura de 2011, nas suas diversas categrias receberá os nomes dos memoráveis, a exemplo da romanceira Dona Militana, do comerciante e apoiador cultural, Joaquim Caldas Moreira e o ator e diretor de teatro, Jesiel Figueiredo. Haverá ainda um troféu em homenagem especial à professora Noilde Ramalho pela sua contribuição na educação no Rio Grande do Norte.

O prêmio concedido através de uma consulta aos jornalistas dos principais veículos de comunicação de Natal e críticos de artes, vai agraciar artistas, produtores, personalidades e instituições, focando a produção da arte e da cultura, ao mesmo tempo em que se propõe a divulgar os nomes daqueles que estimulam e protegem a diversidade cultural e artística do Rio Grande do Norte.

Alda, Gisele e Carlinhos de Serrinha podem surpreender

- Escrito e publicado por Manacy Henrique em 27 de setembro de 2011

Os desencontros que aconteceram no grupo que apóia a reeleição do prefeito Jaime Calado na busca da filiação partidária, transformaram-se no encontro perfeito para Carlinhos de Serrinha, irmã Alda e Gisele Moura no Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), possivelmente, no Partido Socialista Brasileiro (PSB) ou no Partido Popular (PP).

A possibilidade, hoje, de qualquer um desses pré-candidatos se filiarem no Partido Republicano Brasileiro (PRB) é quase zero. Então, podemos considerar o PTB e o PT com mais chances de se tornarem os preferidos. Em desvantagem, o PSB corre por fora.

Talvez, opinião pessoal, seja essa a dificuldade criada pelo PRB para o prefeito Jaime Calado a falta de nomes para fecharem a composição do PMN, PP, PSB, PDT e PT. Embora, o vereador Eraldo Paiva, tenha deixado claro que não tinha a intenção de completar todas as vagas do PT.

Eu vou esperar a jogada de mestre do prefeito para resolver de forma satisfatória esse caso do preenchimento de vagas nos partidos aliados. É possível que até sete de outubro tudo já esteja solucionado.

Alda, Gisele e Carlinhos de Serrinha nunca mais vão esperar pelo tempo limite para se filiarem a um partido. Falta de aviso não foi! Agora, não tem outro jeito, só resta esperar pela compreensão do presidente do PTB, Marconi Cruz, ou que Jaime Calado seja misericordioso.

Ampliação da rede de água da Zona Rural aconteceu neste sábado (24)

- Publicado por Manacy Henrique em 24 de setembro de 2011

O prefeito de São Gonçalo do Amarante, Jaime Calado, inaugurou na noite deste sábado (24) a construção, instalação e funcionamento do sistema de abastecimento de água das comunidades de Poço de Pedras, Campinas, Bela Vista, Genipapo, Camaragibe e Lagoa da Onça.

Prestigiaram o evento os vereaores Eraldo Paiva, Nino, Ivanildo, Geraldo Veríssimo, presidente da Câmara Municipal, secretários e lideranças da comunidade como Rayúre Protásio e Calafange.O diretor do SAAE, Afonso. O prefeito encerrou o seu discurso com a seguinte frase: “O melhor discurso é o do trabalho”.

A melhoria do abastecimento de água é um sonho dessas comunidades rurais e que agora se tornou realidade. A obra foi realizada pelo Sistema Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) e custou R$ 350 mil. São três quilômetros de encanação que leva água limpa e de qualidade, própria para o consumo humano, para centenas de famílias.

Para festejar esse momento a prefeitura realizou uma programação durante todo o dia que se iniciou às 8h com as ações de cidadania do projeto “Prefeitura Itinerante”, às 14h com a programação infantil e gincanas culturais e a partir das 19h houve shows artísticos com  a banda Traz a Massa.

DEUS ME DEU MARINEUDA EM DOSE DUPLA.

- Publicado por Manacy Henrique em 21 de setembro de 2011

Marineuda Gonçalves, Nome de Mulher Valente

Dona Marineuda, Minha Maior Riqueza.

.

O amor de Deus é incondicional e infinito, na verdade Deus só nos dar o melhor, portanto sua generosidade com este seu filho pecador foi em dose dupla. Pela sua infinita misericórdia, Deus me deu como mãe a melhor e mais especial do mundo, Dona Marineuda, é a maior riqueza que tenho guardada em minha memória, suas ações, repercutem ate os dias atuais, sua grandeza a fez pessoa especial.

Hoje por entender que Marineuda por seus valores não poderia ser só uma em minha vida, o nosso criador me deu de presente outra, não para apagar ou ser amada mais que a primeira, mais para receber amor como a outra recebe Marineuda Gonçalves, chega após vinte e seis anos da chegada de Ítalo, meu filho querido, a ela: “todo amor quanto houver nesta vida” como disse o poeta.

Chegou Marineuda Gonçalves, neste momento de alegria, euforia, gratidão, e outros bons sentimentos, só lamento que você não possa receber os cuidados das mãos abençoadas que recebeu Ivane, Izabel e ítalo, assim como os ensinamentos de uma mulher de fibra impar, venha minha filha querida, e receba o nome da corajosa, determinada, humana, valente quando foi preciso, mulher de um heroísmo incondicional. E com você minha pequenina boneca de carne, traga a certeza de que  terá todos os dias motivos para se orgulhar do nome que seus pais lhe presentearam. Viva Marineuda Gonçalves seja bem vinda MEU AMOR.

Autor: Idelfonso Farias

O Ato de Filiação do PMDB foi fraco e sem conquista

- Escrito e publicado por Manacy Henrique em 20 de setembro de 2011

O Ato de Filiação realizado pelo Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), neste domingo, às 19h, na Câmara Municipal de São Gonçalo do Amarante, foi uma ducha d’água fria nas pretensões eleitorais do ex-prefeito do município, Poti Júnior.

As ausências de Henrique Alves e do Ministro da Previdência Social, Garibaldi Filho, na festa do PMDB, foi o prato principal das conversas nos restaurantes sãogonçalenses. Não se fala de outra coisa pelas esquinas da cidade. Decepção e frustração dos filiados do partido que por conveniência política e de poder para Henrique e Poti, agora vestem rosa.

Poti já enganou os seus liderados uma vez. Decepcionou homens sérios e grandes na história política de São Gonçalo como Valdivan Tinoco, Edson Valban, Neco de Maroca e tantos outros que não entenderam o pulo do gato dado por ele na eleição passada.

Nada se comemora nesse município que tenha sido construído pelo ex-prefeito Jarbas Cavalcanti ou Alexandre (irmão de Poti). Segundo alguns blogs, Jarbas e Alexandre, foram as estrelas do evento. Esses dois, com certeza, lutam para manterem seus empregos e nada mais.

Mais uma vez Poti Júnior foi omisso, ou seja, ficou em cima do muro na questão de candidatura própria. No discurso que fez deixou pra Jarbas e Alexandre a responsabilidade da informação de que é candidato a prefeito.

Nem Poti, nem Jarbas e nem Alexandre têm discurso para enfrentar o prefeito Jaime Calado numa reeleição. Não há discurso que possa levar ao chão uma administração que tem o reconhecimento do povo. Vocês não conseguiram juntar gente dentro de sua própria casa, imaginem na rua.

Eleição para o Conselho Comunitário de Santo Antônio do Potengi

- Escrito e publicado por Manacy Henrique em 20 de setembro de 2011

O candidato da chapa 2, a eleição acontecerá no dia 4 de outubro, para o Conselho Comunitário de Santo Antônio do Potengi, Clésio Pontes, o vice é Joãozinho de Cadeado, tem exercido o atual mandato de forma que os seus resultados vão além das fronteiras da sua comunidade.

Para fazer valer os seus pleitos e aqueles de interesse comum de vários lugares, simplesmente, ele usa do seu prestígio político, Paulo de Rego Moleiro é um exemplo, para que o benefício chega a todos.

Ontem não tinha, mas com o respaldo do prefeito Jaime Calado, hoje, tem: Delegacia, sede do conselho própria, convênio com a prefeitura que beneficia a comunidade, transporte coletivo, a segurança pública melhorou, ruas pavimentadas e vai continuar a priorizar as ações de Esporte, Lazer e Cultura para a juventude de Santa Antônio.

O Conselho Comunitário é um dos instrumentos, depois da prefeitura, mais importante para a representação dos seus moradores. Quando elegemos um presidente estamos dando a ele o poder de nos representar. Portanto, vote certo.

Wolber Júnior foi ingrato com Hermano Paiva e, agora, com Elder Batalha

- Escrito e publicado por Mancy Henrique em 20 de setembro de 2011

O presidente do Partido Popular Socialista (PPS) de São Gonçalo do Amarante, Elder Batalha, renunciou a presidência por divergências de ordem eleitoral com Wolber Júnior. Depois de cinco anos de luta em favor do fortalecimento da legenda não foi nada agradável a sua despedida.

O ponto que consumou a saída de Elder foi o não dado a Wolber para sua candidatura a deputado federal na eleição passada. Como é de conhecimento do meio político o apoio para deputado federal de Batalha foi para João Maia. Hermano Paiva também foi vitima do ex-secretário de Educação do Estado do governo Wilma de Faria

Para um ex-comunista a truculência é um instrumento de negociação imprescindível. Deselegante a toda prova com o ex-suplente de vereador o senhor Wolber Júnior. Em 2008, Elder foi candidato a vereador pelo PPS.

Elder confirmou a informação de que o PPS deverá, provisoriamente, ficar sobre o comando do vereador-presidente do PMDB, Edson Valban. Outro   partido para tornar mais forte ainda a candidatura do vereador a prefeito.

O projeto político de Elder Batalha continua para 2012. É pré-candidato a vereador no município e tem duas opções para a sua filiação partidária. Irá para as ruas defender a administração do prefeito Jaime Calado e a sua reeleição.

O Partido Republicano Brasileiro (PRB) fez uma convenção de gente grande e foi maior que o PR e o PSB

O prefeito de São Gonçalo do Amarante, Jaime Calado, prestigiou o evento do Partido Republicano Brasileiro

- Escrito e publicado por Manacy Henrique em 18 setembro de 2011

O Partido Republicano Brasileiro (PRB) comandado no Estado por Valdir Trindade, neste domingo (18), às 15h, na Câmara Municipal de São Gonçalo, realizou a sua Convenção Cartorial.  A participação do povo e dos convencionais do PRB foi muito maior do que a do PR e do PSB.

O PRB nasceu e se tornou grande no município graças à inspiração partidária do vice-presidente Chanxe e da visão política do prefeito Jaime Calado. Quanto a sua formação se deve a Maciel, Eudócio e outros filiados. Que fique bem claro para todos que o autor intelectual dessa obra eleitoral é Chanxe.

A grandeza e o sucesso do evento aconteceram em função do interesse partidário de todos os candidatos. Triunfou o espírito de solidariedade do grupo. Não havia estrela política, mas destacou-se com excelência o orgulho de ser um avante do Partido Republicano Brasileiro em São Gonçalo do Amarante.

O filiado Ailton Fagundes, ainda dentro do seu discurso, teve dificuldade de entender a ausência do vereador presidente da Câmara Municipal de São Gonçalo, Geraldo Veríssimo. “O amigo Geraldo foi a pessoa com quem eu tanto me aconselhei e não está aqui para prestigiar uma festa democrática dessa magnitude” declarou Ailton.  Já o presidente do partido Eudócio Mota, o vice Chanxe, doutor Júnior Smyth e Maciel engrandeceram a humildade e a compreensão do prefeito na construção da legenda.

O prefeito Jaime Calado não conseguia esconder a sua satisfação a cada aplauso quando o seu nome era citado pelos oradores. Diante do entusiasmo do povo que, literalmente, encheu a Câmara, o prefeito finalizou o seu discurso enfatizando: “O PMEU, como fora chamado por um bom tempo, agora, não é PMEU, é PNOSSO!