O vereador Eraldo Paiva, em contraponto, fez um requerimento em resposta a matéria da presidente do Conselho Comunitário do Amarante, Suerda, publicada no jornal Voz Comunitária

- Escrito e publicado por Manacy Henrique em 05 de outubro de 2011 Mesa Diretora da Câmara: Eraldo, Geraldo e Ivanildo

Em Sessão Plenária desta terça feira (04), na Câmara Municipal de São Gonçalo do Amarante, ao apartear o vereador Edson Valban, o vereador presidente do Partido dos Trabalhadores (PT), Eraldo Piva, reagiu com indignação ao ler a matéria “AS QUANTAS ANDAM?” Assinada por Suerda e publicada no jornal Voz Comunitária, página 4.

Em determinado parágrafo do texto a presidente do Conselho Comunitário do Amarante afirma que já previa o pedido de embargo da obra dos quiosques do Amarante que estão sendo construídos colados, quero dizer, muito próximo  ao muro da estação de transmissão de energia da COSERN.

O funcionário da Unidade de Manutenção da Transmissão – EMAT, Igor Mateus de Araújo, assinou um laudo com a seguinte conclusão: Por todos os motivos entendemos que existe um risco considerável à integridade física das pessoas e um potencial de acidentes, motivo pelo qual RECOMENDAMOS EMBARGO DA OBRA junto aos órgãos competentes.

Nas condições em que se encontra a prestadora de serviço, COSERN, segundo o vereador Eraldo Paiva, quem coloca em risco a população não é a obra dos quiosques e sim, com certeza, é a estação de transmissão da Companhia de Energia do RN.

Ainda o vereador, dentro do seu discurso, solicitou aos seus pares que aprovassem o seu requerimento verbal que visa o deslocamento da estação de energia para outro lugar e que seja longe de moradias. “Não podemos atrapalhar a vida de mais de vinte mil cidadãos e cidadãs, motivo histórico também, por causa do empreendimento da COSERN”, enfatizou o presidente do PT.

O filho pródigo político (gastador e esbanjador) Jarbas Cavalcanti de Poti Júnior vai assumiu o PSC em troca da subsecretaria de Agricultura do Estado

- Escrito e publicado por Manacy Henrique em 5 de outubro de 2011

O ex-prefeito de São Gonçalo do Amarante, Jarbas Cavalcanti, condicionou a sua ida para o Partido Socialista Cristão (PSC) em troca da Subsecretaria de Agricultura do Estado. Segundo a fonte, orientado por Poti Júnior.

A essa mesma fonte o cidadão Jarbas Cavalcanti declarou que só há uma possibilidade de ser candidato a prefeito: “Eu só disputarei a prefeitura de São Gonçalo se o primeiro secretário da Assembleia Legislativa, Poti Júnior, não sair candidato”. Tudo leva a crer que Jarbas tem pretensão, também, de disputar uma vaga para a Câmara Municipal.

Esse toma lá-da-cá protagonizado pelo filho pródigo político (esbanjador e gastador) de Poti Júnior é o que não se inclui nos discursos de palanque. Até acho que a candidatura de Jarbas Cavalcanti , quando foi eleito prefeito, aconteceu por força política e administrativa de Doutora Ana Maria Cavalcanti, ou seja, não foi uma decisão pessoal do deputado estadual.

A moral dessa história política de bastidores é que o filho do Seu Didi, Jarbas, não conseguiu nada de importante para o município, quer dizer, para o povo sãogonçalense, mas conseguiu para si.

O JegueFest foi um sucesso de público e de participantes

- Escrito e publicado por Manacy Henrique em 2 de setembro de 2011

O Jeguefest, corrida de jegue realizada pelo 6º ano, com competidores apenas profissionais, aconteceu neste domingo (2), a partir das 15h, na fazenda de propriedade do vereador Valban Tinoco. Foi um sucesso de público e participantes.

A organização do evento inscreveu 15 corredores e esse, desde a primeira corrida que fora em 2005, foi o maior número de inscritos. Até o 5º lugar foi premiado. O valor de R$ 3.000,00 (Três mil reais) foi distribuído em prêmios. São Gonçalo, Macaíba e Jucurutu foram as cidades representadas na disputa.

O primeiro lugar quem ganhou foi o jegue Pacato, montado por Batista, e levou R$ 1.000 mil reais. O segundo foi o jegue Segredo, com Ronaldo, recebeu o valor de R$ 600,00. Já o terceiro foi Marcha Lenta e ganhou R$ 400 reais. Todos de Jucurutu. O quarto e o quinto são da cidade de Macaíba e receberam R$ 250 e R$ 200 reais.

O evento também contou com brincadeira para crianças foi formada uma comissão julgadora para eleger o jegue mais enfeitado da festa. O valor do prêmio em dinheiro foi de R$ 100,00 (cem reais). Depois o povão foi animado pela Banda Trás a Massa e um forró de pé de serra.

O dono da idéia desse evento Jeguefest, realizado na  comunidade de Poço de Pedra, foi do senhor Jaíde que em 2005 se juntou a Welington e Edvan e fizeram a primeira  corrida. Apareceu pouca gente, mas foi importante para a multidão que se fez presente hoje.

Este ano o prefeito de São Gonçalo, Jaime Calado, fez questão de ajudar na realização da festa. Os secretários Magnus Kébio de Serviços Urbanos e de Comunicação e Eventos Ledson França tiveram uma participação especial. O vereador Valban Tinoco e os organizadores Jaíde, Welington e Doutor fizeram a coisa acontecer.