Promessa eleitoreira de Jadismar Lima é para pagar o quê?

Escrito por Manacy Henrique em 1º de agosto de 2018

31944242_1231510173645612_2818565480476835840_n

Promessa eleitoreira de Jadismar Lima é para pagar o quê?  

O mito do bom velhinho é cíclico nas eleições partidarias

Se eleito, o pré-candidato a deputado estadual Jadismar Lima (SDD) assume o compromisso de doar 80% do salário. É, pelo visto esqueceu de fazer o registro cartorial dos auxílios e da verba indenizatória.

A conquista de uma cadeira na Assembleia Legislativa vale muito mais que o valor de R$ 33 mil, Seu Jadismar Lima. Como diz o vereador Gerson Bezerra: “Isso é uma merreca”. Anualmente, o custo do mandato de deputado estadual R$ aproxima-se de R$ 4 milhões.

Na prática, para quem faz promessa de exercer um mandato franciscano, R$ 28 mil não chega nem peto do dízimo bíblico.  Agora, imagine do dízimo social. Tem que ser, no mínimo, a décima parte de R$ 4 milhões.  Pois o dono desse ouro e dessa prata é o povo.

“Quem não pode com o pote, não pega na rodilha”, diz o dito popular. Com todo respeito, aos olhos da Justiça Eleitoral o seu gesto não deve ser interpretado como ato vedado ao candidato, mas sim como apelativo.

Sei que o nobre pré-candidato atua no segmento da segurança privada. Como empresário, possivelmente, o quadro de pessoal da tua tenha 20 funcionários. Caso eleito, vai poder empregar no seu gabinete 30 pessoas. Por isso acho que o senhor pode doar muito mais.

 

 

Deixe um Comentário


+ 4 = onze