Vereador são-gonçalense está entre a cruz e a espada

Escrito por Manacy Henrique em 31 de janeiro de 2019

51484041_2442343462506615_1305661029962743808_n

Vereador são-gonçalense está entre a cruz e a espada

Apesar de não estarmos no período da inquisição, que foi um tribunal religioso comandado pela igreja católica, que prendia, julgava e executava os adversários, mesmo assim, o vereador Chanxe Dantas precisa definir seu destino político para escapar da “Santa Inquisição Política” em 2020.

Ou seja, politicamente, Chanxe está entre a cruz e a espada. Caso não se decida pela cruz, isto é, pelo projeto político do grupo, terá que encarar o fio da espada.

Aceitar a cruz, significa abrir mão de sua pré-candidatura a prefeito de São Gonçalo do Amarante e apoiar a da base governista. Se fizer opção pela espada, ele obrigatoriamente dará as costas ao poder.

Portanto, a decisão é de difícil escolha por isso o adiamento. Mas também a demora não o ajudará. Aliás, esse atraso poderá comprometer sua credibilidade diante os eleitores são-gonçalenses e provocar a derrocada do projeto.

Deixe um Comentário


8 − três =